Keyword(s): gcms

28.03.12

Permalink 09:36:58, por Wilson, 85 palavras, 95 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Diadema abre seleção para contratar GCMs e GCPs

DIÁRIO DE SÃO PAULO

A Prefeitura de Diadema abriu concurso para a contratação de 50 GCMs (Guardas Civis Municipais) 3ª Classe e 30 GCPs (Guardas Civis Patrimoniais). As inscrições vão até o próximo dia 13 de abril e devem ser feitas exclusivamente pela internet, pelo site www.gsaconcursos.com.br. O edital também está disponível no site da prefeitura (diadema.sp.gov.br).

Leia na íntegra

http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/17154/Diadema+abre+selecao+para+contratar+GCMs+e+GCPs

16.05.11

Permalink 11:49:12, por Wilson, 76 palavras, 103 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCMs de Diadema treinam para usar arma não-letal

DIÁRIO DO GRANDE ABC

A GCM (Guarda Civil Municipal) de Diadema inicia hoje treinamento com integrantes da Força Nacional para aprender a manusear as 25 armas não-letais doadas pelo Ministério da Justiça no fim de abril. Ao todo, 52 guardas serão treinados para utilizar as pistolas do tipo Taser, de choque elétrico, que imobilizam o agressor sem causar sua morte.

Leia na íntegra

http://www.dgabc.com.br/News/5886067/gcms-de-diadema-treinam-para-usar-arma-nao-letal.aspx

15.03.11

Permalink 13:42:12, por Wilson, 130 palavras, 95 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Guardas civis vão estar integradas até junho

ABCD MAIOR

Cada Guarda Civil Municipal de seis cidades da Região deve ter 40 rádios para fazer rondas

A integração das seis GCMs (Guardas Civis Municipais) da Região deve ocorrer até junho deste ano. A previsão é do presidente do Consórcio Intermunicipal do ABC, Mário Reali. A intenção é que cada GCM tenha cerca de 40 rádios para fazer rondas pela cidade. Em Rio Grande da Serra, que não tem uma guarda constituída, os equipamentos serão entregues a equipes de Defesa Civil.

A integração das guardas será com rádios HT. Para a compra dos equipamentos, o governo federal liberou R$ 750 mil, como antecipou o ABCD MAIOR em fevereiro.

Leia na íntegra

http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=28222

01.12.10

Permalink 11:24:54, por Wilson, 119 palavras, 98 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCMs permanecem 24 horas em terreno ocupado

Camila Brunelli - Invadido por cerca de 250 famílias do MLB (Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas) na noite de sábado, o terreno particular, no Jardim Eldorado, está sendo vigiado por homens da Guarda Civil Municipal de Diadema desde a tarde de anteontem.
Segundo um dos líderes do movimento, Paulo Roberto Melo, sete homens estão se revezando dia e noite para evitar que as pessoas entrem com madeiras ou outros materiais para construção de barracos e outras moradias alternativas. Até então, as famílias estão acampadas em barracas de lona e plástico.
Leia na íntegra:
http://www.dgabc.com.br/News/5844449/gcms-permanecem-24-horas-em-terreno-ocupado.aspx
(Site do Diário do Grande ABC, 01/12/10)

29.11.10

Permalink 11:40:27, por Wilson, 188 palavras, 125 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Florestan Fernades é a única opção para o PMDB

Gustavo Pinchiaro - O único caminho para o PMDB aberto na Prefeitura de Diadema é a Fundação Florestan Fernandez. Segundo fonte do PT, "até segunda ordem José Francisco será o presidente da autarquia". A informação põe fim à tentativa do partido em reconquistar a Secretaria de Transportes, a qual coordenou no governo do ex-prefeito José de Filippi Júnior (PT).
Segundo apuração do Diário, a exoneração de Francisco como secretário de Defesa Social, para reforçar a campanha da vereadora Cida Ferreira (PMDB) à Assembleia Legislativa, acabou se tornando oportuna ao prefeito Mário Reali. Funcionários da Pasta e, principalmente, GCMs (Guardas Civis Municipais) vinham reclamando da atuação de Francisco. O comentário era de que o chefe estava "deixando a desejar".
Leia na íntegra:
http://www.dgabc.com.br/News/5843650/florestan-fernades-e-a-unica-opcao-para-o-pmdb.aspx
(Site do Diário do Grande ABC, 27/11/10)

Leia também:
Fundação Florestan Fernandes completa 14 anos com evento na terça, dia 30
http://www.diadema.sp.gov.br/apache2-default/index.php?option=com_content&view=article&id=7119:fundacao-florestan-fernandes-completa-14-anos-com-evento-na-terca-dia-30&catid=250:releases
(Site da Prefeitura de Diadema, 29/11/10)

Permalink 11:38:11, por Wilson, 187 palavras, 117 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

ABCD realiza Operação Natal Seguro

Claudia Mayara - O sentimento de segurança ao caminhar pelos centros comerciais do ABCD, ou utilizar os caixas eletrônicos dos bancos espalhados pela Região, será reforçado neste período das festas de fim de ano com a implantação da Operação Natal Seguro, da Guarda Civil Municipal (GCM) de quatro das sete cidades. A ação começa na próxima semana, entre a segunda-feira (29/11) e sábado (04/12).
Viaturas, motocicletas, bases móveis, sprinters ,GCMs no patrulhamento a pé ou de bicicleta circularão pelos principais centros de compras de São Bernardo, Santo André, São Caetano, Diadema e Ribeirão Pires na prevenção de atividades ilícitas. Somente Rio Grande da Serra não conta com guarda municipal. Nesse caso, o patrulhamento fica por conta apenas da Polícia Militar. Procurada pela reportagem, Mauá ainda não passou informações sobre o assunto.
Leia na íntegra:
http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=25658
(Site do ABCDMaior, 29/11/10)

Leia também:
GCMs realizam operação para as compras de Natal
http://publimetro.band.com.br/pdf/20101129_MetroABC.pdf
(Metro ABC, 29/11/10)

24.09.10

Permalink 09:34:05, por Wilson, 227 palavras, 118 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Canil da GCM de Diadema ganha título nacional

Da Redação - Equipe do Canil da GCM (Guarda Civil Municipal) de Diadema foi campeã do 1º Campeonato Brasileiro de Cães de Polícia, na categoria Melhor Abordagem. O grupo também levou o 2º lugar na categoria Melhor Equipe da prova realizada recentemente no Guarujá. O evento reuniu equipes de 19 entidades policiais, como a Polícia Militar, a Guarda Portuária e as Forças Armadas. Como prêmio, a equipe da cidade recebeu um troféu e um filhote de pastor belga de Malinois, além de material de adestramento.
O canil da GCM Diadema foi representado pelo labrador Runter e pelo pastor belga de Malinois Zeus, acompanhados por uma dupla de GCMs, o supervisor Rosair Souza e o GCM 1ª classe Fernando Almeida.
Leia na íntegra:
http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=23963
(Site do ABCDMaior, 24/09/10)

Leia também:
Canil da GCM é campeão do I Campeonato Brasileiro de Cães de Polícia
http://www.cliqueabc.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=16617:canil-da-gcm-e-campeao-do-i-campeonato-brasileiro-de-caes-de-policia&catid=54:diadema&Itemid=66
(Site do Clique ABC, 24/09/10)

Leia também:
Canil da GCM é campeão do I Campeonato Brasileiro de Cães de Polícia
http://www.diadema.sp.gov.br/apache2-default/index.php?option=com_content&view=article&id=6860:canil-da-gcm-e-campeao-do-i-campeonato-brasileiro-de-caes-de-policia&catid=250:releases
(Site da Prefeitura de Diadema, 24/09/10)

21.09.10

Permalink 11:32:50, por Wilson, 157 palavras, 172 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Diadema abre concurso para GCM

Raphael Di Cunto - Sem chamar um único candidato do concurso público anterior, que expirou no ano passado, a Prefeitura de Diadema abriu ontem as inscrições para seleção de dez GCMs (Guardas Civis Municipais), que terão salário de R$ 1.362.
"É um absurdo fazerem isso sem chamar ninguém do concurso de 2007", afirmou Ricardo Oliveira França, que está desempregado e passou em 20º na seleção anterior, feita pelo ex-prefeito José de Filippi Júnior (PT), candidato a deputado federal.
Há três anos, o petista abriu concurso público para contratar 50 GCMs - 25 de cada sexo -, com cadastro de reserva de 300 pessoas.
Os interessados pagaram R$ 42,90 para realizar as provas teóricas e de aptidão física, que tiveram 920 inscritos, segundo a Prefeitura. No total, a administração arrecadou cerca de R$ 39,5 mil com as taxas.
Leia na íntegra:
http://www.dgabc.com.br/News/5831530/diadema-abre-concurso-para-gcm.aspx
(Site do Diário do Grande ABC, 21/09/10)

10.09.10

Permalink 10:53:35, por Wilson, 143 palavras, 122 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Diadema abre concurso público para 483 vagas em 79 cargos

Da Redação - A Secretaria de Gestão de Pessoas de Diadema publicou, no último domingo, os editais de concurso público para preenchimento de vagas de médicos, enfermeiros e guardas civis municipais (GCMs), entre outras funções. De acordo com os editais, serão 483 vagas em 79 cargos. O concurso será realizado pela Fundação Vunesp e as inscrições terão início no próximo dia 20 e vão até 22 de outubro de 2010.
Para o secretário de Gestão de Pessoas do município, João Aparecido Garavelo, o objetivo do concurso é garantir os serviços prestados à população. “Há rotatividade nas áreas que precisam ser preenchidas, a fim de garantir que serviços continuem sendo prestados aos munícipes”, destacou.
Leia na íntegra:
http://www.diarioregional.com.br/view_news.php?id_news=1007
(Site do Diário Regional, 10/09/10)

09.08.10

Permalink 11:53:36, por Wilson, 155 palavras, 171 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Estupradores atacam em São Bernardo e Diadema

Michelly Cyrillo -O ajudante de expedição Célio Silva de Paula, 19 anos, foi preso ontem acusado de estuprar uma adolescente de 15 anos dentro do antigo Volkswagen Clube, em São Bernardo. Segundo a Polícia Civil, a menor passava pelo local para cortar caminho até a escola, por volta das 7h15, quando foi abordada. O homem a levou para um galpão e cometeu o estupro.
A garota, que recebeu uma paulada na cabeça, pediu ajuda aos GCMs (Guardas Civis Municipais) que fazem a segurança do clube. Ela foi socorrida e encaminhada ao Pronto Socorro Central, onde foi medicada e liberada.
Célio, que havia esquecido o celular na cena do crime, voltou ao local para procurar o aparelho. Questionado pelos GCMs, ele disse que havia sido assaltado, mas acabou entrando em contradição.
Leia na íntegra:
http://www.dgabc.com.br/News/5824970/estupradores-atacam-em-sao-bernardo-e-diadema.aspx
(Site do Diário do Grande ABC, 9/08/10)

12.11.09

Permalink 10:52:27, por Wilson, 678 palavras, 151 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Secretário defende regularização da GCM

A comemoração dos dez anos de atuação da Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema, realizada ontem, foi marcada pelo debate de regularização dessas corporações em polícias municipais e de acordo com o secretário de Defesa Civil, José Francisco Alves, esse é o momento de fortalecer as GCMs.
"Esses profissionais vêm prestando serviço importante à cidade, contribuído com as polícia Civil e Militar no trabalho da segurança. Esse é o momento de valorizar os guardas e acabar com o paradigma de que segurança é responsabilidade apenas do Estado. Não queremos nos intrometer nas forças policiais, mas colaborar com o trabalho da segurança", argumentou José Francisco, ao destacar que a Guarda da cidade é uma das responsáveis pela redução de 78% da violência e por ações preventivas implementadas no setor.
A regulamentação, que deverá passar por votação no Congresso Nacional, permitirá definir as atribuições constitucionais e garantirá direitos a cerca de 70 mil guardas municipais no país. Foi uma das diretrizes eleitas na 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (Conseg), realizada em agosto, e servirá de base para definição de políticas públicas na área, podendo tornar os municípios co-gestores da segurança juntamente com as forças policiais.
A medida pode ainda dar aos GCMs o papel de policiais diferenciados, com atuação voltada às ações sociais e preventivas da violência. Também será possível criar corregedorias autônomas e independentes, além de planos de cargos e carreira.
"Não basta regulamentar por regulamentar, se é para atuar da mesma forma que as forças policiais existentes, não precisamos de regulamentação. Vamos crescer quanto instituições se pudermos representar o novo e o novo é atuar na prevenção. Porém, enquanto a GCM não for regulamentada por uma lei, continuaremos a ser policiais de farda, mas não de direito", disse o comandante da GCM de São Bernardo do Campo, Benedito Mariano.
Para Regina Miki, secretária executiva da Conseg, a importância da discussão está no fato de as Guardas deixarem de ser vistas como força auxiliar. "Sou fã da GCM e sei que os guardas são mais que simples auxiliares", explicou.

Reali ressalta integração das polícias em Diadema

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema foi criada em 12 de novembro pela lei municipal 100/99 para proteger o patrimônio, bens e instalações públicas. Atualmente conta com o efetivo de 206 guardas, que colaboram para a prevenção da criminalidade com atuação diversificada e cidadã por intermédio de vários projetos com a comunidade. Um dos grandes diferenciais está na formação curricular, com total de 38 cursos, entre eles, Direitos Humanos, Estatuto da Criança e do Adolescente, Cultura da Paz, Mediação de Conflitos, Direito Penal.
"É importante ressaltar o trabalho que a corporação vem fazendo em Diadema, como a integração entre as polícias, com a qual fica claro que não estamos concorrendo, mas cooperando. Acredito que são essas, entre outras ações, que fazem da cidade exemplo em segurança pública", ressaltou o prefeito de Diadema, Mário Reali
A cidade ainda conta com a GCM armada, que realiza flagrantes e auxilia na redução de criminalidade, e o programa Anjos do Quarteirão, que adotou a ideia de polícia comunitária, com duplas de guardas que fazem rondas a pé, de bicicletas, motos e viaturas pelos bairros da cidade. A ação além de inibir as ocorrências criminais, aproxima a Guarda da comunidade.
A GCM de Diadema também atua em programas de prevenção, com o Clubinho de Férias, desarmamento infantil, videomonitoramento de câmeras e alarmes, ronda escolar, fiscalização de trânsito, mapeamento da criminalidade, além de operações integradas com as polícias Civil e Militar, fiscalização da Lei de Fechamento de Bares pelo programa Diadema Legal, canil, entre outras atribuições. (CM)

(Diadema Jornal - 12/11/2009)

10.11.09

Permalink 09:29:37, por Wilson, 679 palavras, 87 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Secretário defende regularização da GCM

A comemoração dos dez anos de atuação da Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema, realizada ontem, foi marcada pelo debate de regularização dessas corporações em polícias municipais e de acordo com o secretário de Defesa Civil, José Francisco Alves, esse é o momento de fortalecer as GCMs.
"Esses profissionais vêm prestando serviço importante à cidade, contribuído com as polícia Civil e Militar no trabalho da segurança. Esse é o momento de valorizar os guardas e acabar com o paradigma de que segurança é responsabilidade apenas do Estado. Não queremos nos intrometer nas forças policiais, mas colaborar com o trabalho da segurança", argumentou José Francisco, ao destacar que a Guarda da cidade é uma das responsáveis pela redução de 78% da violência e por ações preventivas implementadas no setor.
A regulamentação, que deverá passar por votação no Congresso Nacional, permitirá definir as atribuições constitucionais e garantirá direitos a cerca de 70 mil guardas municipais no país. Foi uma das diretrizes eleitas na 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (Conseg), realizada em agosto, e servirá de base para definição de políticas públicas na área, podendo tornar os municípios co-gestores da segurança juntamente com as forças policiais.
A medida pode ainda dar aos GCMs o papel de policiais diferenciados, com atuação voltada às ações sociais e preventivas da violência. Também será possível criar corregedorias autônomas e independentes, além de planos de cargos e carreira.
"Não basta regulamentar por regulamentar, se é para atuar da mesma forma que as forças policiais existentes, não precisamos de regulamentação. Vamos crescer quanto instituições se pudermos representar o novo e o novo é atuar na prevenção. Porém, enquanto a GCM não for regulamentada por uma lei, continuaremos a ser policiais de farda, mas não de direito", disse o comandante da GCM de São Bernardo do Campo, Benedito Mariano.
Para Regina Miki, secretária executiva da Conseg, a importância da discussão está no fato de as Guardas deixarem de ser vistas como força auxiliar. "Sou fã da GCM e sei que os guardas são mais que simples auxiliares", explicou.

Reali ressalta integração das polícias em Diadema

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema foi criada em 12 de novembro pela lei municipal 100/99 para proteger o patrimônio, bens e instalações públicas. Atualmente conta com o efetivo de 206 guardas, que colaboram para a prevenção da criminalidade com atuação diversificada e cidadã por intermédio de vários projetos com a comunidade. Um dos grandes diferenciais está na formação curricular, com total de 38 cursos, entre eles, Direitos Humanos, Estatuto da Criança e do Adolescente, Cultura da Paz, Mediação de Conflitos, Direito Penal.
"É importante ressaltar o trabalho que a corporação vem fazendo em Diadema, como a integração entre as polícias, com a qual fica claro que não estamos concorrendo, mas cooperando. Acredito que são essas, entre outras ações, que fazem da cidade exemplo em segurança pública", ressaltou o prefeito de Diadema, Mário Reali
A cidade ainda conta com a GCM armada, que realiza flagrantes e auxilia na redução de criminalidade, e o programa Anjos do Quarteirão, que adotou a ideia de polícia comunitária, com duplas de guardas que fazem rondas a pé, de bicicletas, motos e viaturas pelos bairros da cidade. A ação além de inibir as ocorrências criminais, aproxima a Guarda da comunidade.
A GCM de Diadema também atua em programas de prevenção, com o Clubinho de Férias, desarmamento infantil, videomonitoramento de câmeras e alarmes, ronda escolar, fiscalização de trânsito, mapeamento da criminalidade, além de operações integradas com as polícias Civil e Militar, fiscalização da Lei de Fechamento de Bares pelo programa Diadema Legal, canil, entre outras atribuições. (CM)

(Diário Regional - 10/11/2009)

20.10.09

Permalink 10:38:41, por Wilson, 374 palavras, 179 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa convocará removidos da favela Naval

Claudia Mayara - A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado convocará representantes de oito famílias do Núcleo Habitacional Naval removidas em julho deste ano pela Prefeitura de Diadema para dar lugar às obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A intensão é apurar denúncias de abuso e violação dos direitos humanos durante a retirada dos moradores.
“As famílias removidas serão convocadas para depor nesta ou na próxima semana. Na ocasião da remoção, a prefeitura utilizou forte aparato policial com Guardas Civil Municipais (GCMs) e policiais militares armados e com cães. Uma senhora teve início de infarto por causa desse exagero”, lamentou o presidente da Associação Filantrópica Vinte e Cinco de Julho, que representa as famílias, Carlos Antônio Rodrigues.
O secretário de Assuntos Jurídicos da prefeitura, Airton Germano, esclareceu que a administração não tem nenhum poder sobre a Polícia Militar. “Na ocasião, tínhamos entrado com duas ações de desapropriação e, ao sair a liminar que determinou a emissão de posse, a própria ordem judicial destacava a força policial. Em todo caso, não vi nenhuma atitude agressiva por parte da polícia ou dos GCMs, mas acredito que é de direito das famílias irem até a comissão. Só espero que também chamem a prefeitura e outros moradores que saíram da área”, disse.
Segundo Rodrigues, outras cinco famílias que ainda moram no espaço receberam notificações para deixar os imóveis. “Ainda não foi fixada a data e percebemos que a postura da prefeitura está diferente do primeiro processo, mas mesmo assim, esses moradores já se anteciparam e entraram com recurso e ação judicial”, disse.
Os processos movidos pelas famílias, ainda não foram a julgamento, mas os moradores se adiantaram para entrar em acordo com a administração. “A prefeitura está aberta ao diálogo. O que não pode é poucas famílias prejudicarem o processo que beneficiará tantas pessoas”, explicou o secretário, ao complementar: “O mais importante é resolver a situação das famílias o mais rápido possível.”

(Diário Regional - 20/10/2009)

13.10.09

Permalink 10:15:33, por Wilson, 180 palavras, 115 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Cães da GCM de Diadema vencem 4º Campeonato Intercanis em Vinhedo

Claudia Mayara - A equipe do canil da Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema conquistou a primeira colocação de grupo no Campeonato Intercanis, realizado em Vinhedo (interior de SP). Quando GCMs condutores e três cães da cidade participaram das provas de obediência, guarda e proteção, adestramento e estilo livre
"Acredito que o diferencial da nossa equipe se deve ao incentivo que temos do comando, a busca em aprimorar a arte de adestrar cães e o tempo que passamos juntos aos animais", disse Júlio César de Oliveira, supervisor do canil municipal que funciona há um ano, com sete cães, fazendo trabalhos sociais com creches, escolas e intituições da cidade.
No total, 12 grupos de canis de guardas participaram da competição. No ranking individual, os cães de Diadema conquistaram o primeiro lugar nas provas de obediência e guarda e proteção (pastor belga e Malinois Zeus), segunda e terceira colocação no estilo livre (pastor alemão Jake e Zeus) e a terceira posição em obediência (Jake).

(Diadema Jornal - 11/10/2009)

09.10.09

Permalink 10:17:39, por Wilson, 181 palavras, 116 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Cães da GCM de Diadema vencem 4º Campeonato Intercanis em Vinhedo

Claudia Mayara - A equipe do canil da Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema conquistou a primeira colocação de grupo no Campeonato Intercanis, realizado em Vinhedo (interior de SP). Quando GCMs condutores e três cães da cidade participaram das provas de obediência, guarda e proteção, adestramento e estilo livre
"Acredito que o diferencial da nossa equipe se deve ao incentivo que temos do comando, a busca em aprimorar a arte de adestrar cães e o tempo que passamos juntos aos animais", disse Júlio César de Oliveira, supervisor do canil municipal que funciona há um ano, com sete cães, fazendo trabalhos sociais com creches, escolas e intituições da cidade.
No total, 12 grupos de canis de guardas participaram da competição. No ranking individual, os cães de Diadema conquistaram o primeiro lugar nas provas de obediência e guarda e proteção (pastor belga e Malinois Zeus), segunda e terceira colocação no estilo livre (pastor alemão Jake e Zeus) e a terceira posição em obediência (Jake).

(Diário Regional - 9/10/2009)

08.09.09

Permalink 09:58:01, por Wilson, 720 palavras, 196 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Desfile da Independência ressalta os 50 anos de Diadema

Ana Maria Machado - O desfile cívico em comemoração ao Dia da Independência terá como tema os cinquenta anos de emancipação do município. E para homenagear o cinquentenário, um bloco composto por pessoas que também completam 50 anos em 2009 abre o desfilam logo após o hasteamento das bandeiras, execução do Hino Nacional pela Lira Musical e pronunciamento das autoridades. O início das solenidades será às 8h30 e o término está previsto para às 13h.
O local para o desfile será a Avenida Doutor Ulysses Guimarães, no trecho situado entre o viaduto da Rodovia dos Imigrantes e o Campo Distrital do Taperinha. Desfilarão na avenida em torno de 12 mil pessoas que levarão manifestações sobre o tema dos 50 anos de Diadema.
Participarão dos desfiles alunos de 19 escolas da rede municipal de ensino e particulares e outros programas da secretaria de Educação, como Creche Lugar de Criança, Adolescente Aprendiz, Ação Compartilhada e Mova. O desfile tem a participação das várias secretarias municipais, entidades da sociedade civil, polícias Civil, Militar, GCMs e GCPs.
Desfile – Após o bloco dos 50 anos, tem inicio o desfile dos motorizados. As viaturas do SAMU estarão à frente, seguidas por uma viatura antiga do Corpo de Bombeiros, polícias Militar e Civil, e veículos da Secretaria de Transportes. As viaturas, pelotões, cães do canil da GCM, equipe BIke e Mike e outros representantes dos diversos programas da Secretaria de Defesa Social entram em seguida, por volta das 9h. Dos motorizados, passarão pela avenida, ainda, viaturas da Companhia de Saneamento de Diadema, Segurança Alimentar, jeepeiros e motociclistas de Diadema.
Estudantes - Após o desfile de veículos entram em cena os jovens dos grupos dos escoteiros, APAE Diadema com sua fanfarra e da entidade Jesuê Frantz. A partir das 9h30 tem início as homenagens aos 50 anos de Diadema pelos alunos das escolas municipais, particulares, conveniadas e demais programas de educação. Participam também alunos da Fundação Florestan Fernandes. No total, animarão o desfile dos escolares, três fanfarras.
Idosos também desfilam – O Centro de Convivência da Melhor Idade traz ao desfile a participação de 100 idosos que homenagearão a cidade onde estão vivendo essa especial fase da vida.
Cultura – Música ao vivo com músicos da Casa da Música de Diadema e a cantora Vanessa Reis, interpretando ‘Aquarela do Brasil’, abre o desfile da Secretaria de Cultura. Serão mais de 1000 pessoas que trarão as manifestações das várias linguagens em três alas, como a dança, circo, música, teatro, artes plásticas e visuais, fotografia, vídeo, entre outras. A 1ª ala homenageará os prefeitos do município e na 2ª ala, serão homenageados os migrantes, simbolizando a construção do município.
A Secretaria de Esportes e Lazer também homenageia Diadema com os programas dos departamentos de Esporte e Lazer. Equipe de Ciclismo, comissão organizadora e União dos Cavaleiros de Diadema, encerram o desfile às 13h.

Estrutura

Na avenida, haverá arquibancada para duas mil pessoas e palanque para as autoridades. A Companhia de Saneamento de Diadema (Saned) disponibilizará três pontos de distribuição de água para o público e para os participantes do desfile, na concentração, dispersão e outro na área central da avenida. Além de dois estacionamentos, um na Avenida Roberto Gordon e outro na Ruyce Ferraz Alvim.
Banheiros químicos estarão distribuídos entre a área de concentração e dispersão. Policiais Militares e Guardas Civis Municipais farão a segurança do local. Uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) ficará de plantão durante o desfile.

Trânsito
Para a realização do evento, o trânsito ao longo da Avenida Ulysses Guimarães será interditado das 6h às 16h.

Serviço:
Desfile de Sete de Setembro
Dia 7 de setembro, segunda-feira, a partir das 8h30
Av. Doutor Ulysses Guimarães (entre o viaduto da rodovia dos imigrantes e o Campo Distrital do Tapeirinha)

Leia: http://www.diadema.sp.gov.br/apache2-default/index.php?option=com_content&view=article&catid=250:releases&id=5562:desfile-da-independencia-ressalta-os-50-anos-de-diadema
(Prefeitura de Diadema - 4/09/2009)

26.08.09

Permalink 10:19:17, por Wilson, 686 palavras, 204 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

ABCD QUER PODER DE POLÍCIA PARA GCMS

Vanessa Selicani - Conferência de Segurança começa quinta em Brasília; ABCD MAIOR vai acompanharA 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública começa nesta quinta-feira (27/08), em Brasília, com a participação da Câmara Setorial de Segurança do ABCD. O grupo, formado pelos gestores de segurança dos seis municípios (Rio Grande da Serra não tem Guarda Civil Municipal), enviou propostas para serem analisadas e votadas como diretrizes do País. Esta será a primeira vez que o poder público abre espaço para sociedade civil e trabalhadores da área opinarem e votarem quais serão as prioridades na segurança pública. Foram escolhidos 2.097 representantes que terão poder de voto, 40% da sociedade civil, 30% de trabalhadores da área e 30% de gestores públicos. As propostas do ABCD foram escolhidas de forma conjunta. Entre as mais polêmicas está a regulamentação das GCMs, que inclui dar poder de polícia para as corporações. Desta forma, os guardas poderão também repreender, com direito a realização de blitze e revista de suspeitos. “Hoje, a GCM pode apenas realizar policiamento preventivo e, se houver flagrante, autuar. Caso se torne polícia preventiva e comunitária formalmente, terá o mesmo poder que a Policia Militar tem no município”, explicou comandante da GCM de São Bernardo, Benedito Mariano. Polêmica - A proposta, porém, não agradou representantes da sociedade civil. A pesquisadora do NEV (Núcleo de Estudos da Violência) da USP, Paula Ballesteros, considera que a sugestão vai contra a tendência de diminuir a repressão na segurança. “Se quer prevenção e integração, não tem porque ter poder de policia se a PM já faz isso. Existe posicionamento do Ministério da Justiça, PM e sociedade civil contrarias a esta nova função da GCM. Entendemos que as guardas têm de participar, mas assumindo postura preventiva.” Paula foi eleita também como representante da sociedade civil para representar o Estado na conferência. A pesquisadora ressalta, porém, a importância da participação dos municípios na segurança pública. “As cidades têm participação essencial, trabalhando de forma transversal, com urbanização e participação das comunidades em programas sociais. Segurança não é simplesmente polícia”, ressaltou. Paula criticou ainda a falta de paridade na composição da conferência, que não reserva 50% dos eleitos para a sociedade civil e algumas atitudes corporativistas durante a Conferência Estadual. Propostas - O ABCD enviou ainda a proposta de um piso mínimo para os policiais de todos os estados, incluindo os guardas municipais, e a estipulação de um valor mínimo para os municípios de 30% do Fundo Nacional de Segurança Pública. “As cidades recebem pouco mais de 10%. Esses 30% são garantia de que sempre terá recurso para prevenção. E os municípios fazem mais prevenção que o Estado”, explicou Mariano. Delegação - Além de enviar propostas para a 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública, o ABCD teve dois trabalhadores do setor eleitos para representar o Estado. O guarda municipal de São Bernardo, Oseias Francisco da Silva, e a delegada de Diadema, Bárbara Lisboa Travassos, estão entre os 124 integrantes com poder de voto enviados pelo Estado de São Paulo. Oseias é guarda há cinco anos e lecionava filosofia antes de entrar na corporação. O GCM representará 30 mil guardas do Estado. “Precisamos regulamentar a profissão, já que não temos embasamento legal para atuar. Não sabemos qual o limite da atuação.” A coordenadora geral da Conferência, Regina Miki, também é onhecida no ABCD. Foi secretária de Defesa Social de Diadema de 2003 a 2008, implementando importantes projetos como a Lei Seca. O jornal ABCD MAIOR foi escolhido pelo Ministério da Justiça como representante do Estado de São Paulo para cobertura da Conferência. Foi convidado apenas um veículo de cada Estado.

Leia: http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=15532
(ABDMaior - 25/08/2009)

20.08.09

Permalink 10:03:21, por Wilson, 311 palavras, 188 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

PREFEITURA CORRIGE FALHAS NO PLANO DE CARREIRA DA GCM

Karen Marchetti - A Prefeitura de Diadema reconheceu falhas no projeto de lei de reestruturação do plano de cargo e carreira da GCM (Guarda Civil Municipal) e encaminhou, nesta quarta-feira (19/08), emendas modificativas que contemplam o acordo com a categoria. A medida, de autoria do Executivo, está prevista para ser votada nesta quinta-feira (20/08). Há mais de três meses, o Sindema (Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema) e a Administração elaboram em conjunto o plano de cargo e carreira. Porém, a Prefeitura enviou o projeto com termos que fugiam da proposta acordada entre o sindicato e o governo. A Prefeitura decidiu corrigir as falhas, depois de uma reunião, realizada na manhã desta quarta-feira (19/08), entre os secretários municipais (Assuntos Jurídicos) e João Garavelo (Gestão de Pessoas) e a presidente do sindicato, Jandyra Uehara. Todas as falhas apontadas pelo Sindema foram corrigidas. Os principais problemas notados por Jandyra foram referentes às promoções de GCM, que no primeiro texto encaminhado à Câmara aconteceria entre 2010 e 2011. A redação foi corrigida e as mudanças de cargo ocorrerão em janeiro de 2010, cerca de 86 GCMs, e mais 34 no segundo semestre. “Essa é uma conquista muito importante, pois no ano que vem, dos 208 guardas, cerca de 119 serão promovidos. O que significa ganho salarial”, explicou Jandyra. Outro ponto positivo, apontado pela presidente, é a diminuição de cargo comissionado na Guarda e a inexistência de função gratificada, com exceção dos oito guardas civis municipais que fazem segurança do prefeito, Mário Reali (PT). “Os guardas terão promoção prevista no estatuto. E outra mudança é que o estatuto está assegurado para os atuais e novos celetistas”, concluiu Jandyra. Nesta quinta-feira, Jandyra e guardas municipais participaram da sessão para acompanhar a votação.

Leia: HTTP://WWW.ABCDMAIOR.COM.BR/NOTICIA_EXIBIR.PHP?NOTICIA=15406
(ABCDMaior - 18/08/2009)

19.08.09

Permalink 10:12:11, por Wilson, 208 palavras, 171 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

CÂMARA DE DIADEMA DISCUTE PLANO DE CARGO E SALÁRIO DA GCM

Redação: A sessão desta quinta-feira (20/08), na Câmara de Diadema, promete ser agitada. Está na pauta para votação o polêmico projeto de lei da criação do estatuto da GCM (Guarda Civil Municipal). O Sindema (Sindicato dos Funcionários Públicos) discorda de alguns tópicos da proposta. Entre delas é a divergência nas regras de nomeação do inspetor chefe da corporação e prazo de vigência da lei. Caso não tenha entendimento entre a Administração e a categoria, a votação da propositura poderá ser adiada. Os guardas municipais devem realizar uma manifestação na sessão para reivindicar melhorias. A revisão do estatuto e plano de cargo e carreira dos GCMs era uma reivindicação antiga da categoria. Há alguns anos o Sindicato tem cobrado da Administração melhor condição de trabalho. No ano passado, a Prefeitura reestruturou o plano de cargo e salário dos servidores públicos, porém,a GCM não foi contemplada.

Leia: http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=15385
(Site do jornal ABCDMaior - 18/08/2009)

Leia também: "Diadema quer gratificar guardas vips" - http://www.dgabc.com.br/default.asp?pt=secao&pg=detalhe&c=8&id=5761419
(DGABC - 18/08/2009)

02.07.09

Permalink 10:14:39, por Wilson, 297 palavras, 178 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Labrador do canil da GCM vence prova de obediência

Luciana Yamashita - O labrador Hunter, integrante do canil da Guarda Civil Municipal, participou da 1ª Prova de Trabalho do Kenel Club do ABC e ficou em primeiro lugar na categoria Obediência. O cão tem 18 meses e é treinado constantemente pela Guarda para o trabalho de farejamento.
A prova foi realizada no último fim de semana no Clube da Ford, em São Bernardo. A primeira etapa da prova foi um percurso, onde foi avaliado o foco entre o condutor e o cão e a realização de comandos de obediência.
A segunda parte foi a prova de trânsito para avaliar se o cão adestrado é sociável. Primeiro, um cachorro desconhecido passa pelo cão avaliado, depois uma pessoa em uma bicicleta e outro cão. Por último, o cão é amarrado em um poste e o condutor sai de perto para várias pessoas passarem por ele. O cão avaliado não pode avançar e precisa demonstrar controle e ser sociável.
O Kenel Club é filiado à Federação de Cinofilia do Estado de São Paulo, Confederação Brasileira de Cinofilia e Federation Cynologique Internationale. O canil da GCM iniciou suas atividades em maio de 2008 e conta com sete cães e cinco GCMs condutores. Os cães são treinados pelo método estímulo e resposta, onde recebem carinho ou bola a cada vez que um comando é realizado. Os cães do canil trabalham com apreensão de drogas e patrulhamento.

Leia: http://www.diadema.sp.gov.br/apache2-default/index.php?option=com_content&view=article&catid=250:releases&id=5336:labrador-do-canil-da-gcm-vence-prova-de-obediencia
(Prefeitura de Diadema - 01/07/2009)

Leia também: "LABRADOR DE DIADEMA GANHA PRÊMIO DE OBEDIÊNCIA"
http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=14319
(ABCDMaior - 01/07/2009)

25.06.09

Permalink 09:03:36, por Wilson, 174 palavras, 214 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Ladrões de moto são presos em Diadema

Evandro De Marco - Dois homens acusados de roubar uma moto foram presos por volta das 21h30 de terça-feira na região central de Diadema.
Paulo Eduardo Gomes, 20 anos, e Anderson Mariano, 26, estavam em uma motocicleta Honda CG 150 cilindradas e abordaram a vítima, um gerente de 22 anos, que trafegava pela rua Professora Vitalina Caiafa Esquível com uma moto parecida.
Colocando uma das mãos dentro da blusa para fingir estar armado, um dos ladrões obrigou o rapaz a entregar o veículo. Nesse momento, uma viatura da Guarda Civil Municipal passava pelo local e os GCMs perceberam que algo de errado estava acontecendo.
Ao perceber que seriam abordados, Gomes teve tempo de subir na moto roubada e fugir, mas Mariano acabou detido no local. O comparsa foi preso em seguida na avenida Roberto Gordon, também região central de Diadema. A dupla foi levada ao 1º Distrito Policial e vai responder por roubo.

Leia: http://setecidades.dgabc.com.br/default.asp?pt=secao&pg=detalhe&c=1&id=5751626
(DGABC - 25/06/2009)

20.05.09

Permalink 10:46:33, por Wilson, 276 palavras, 99 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Prefeitura não tem prazo para novos GCMs começarem a atuar na cidade

Evandro Enoshita - O prazo para a contratação vence em novembro, mas ainda não existe previsão para que os 50 candidatos aprovados em 2007, em um concurso realizado pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema, sejam convocados para o trabalho.
Em reunião sobre segurança pública realizada na manhã de ontem, na Câmara, o secretário de Defesa Social e responsável pela GCM, José Francisco Alves, destacou que a crise econômica mundial fez secar a fonte dos recursos destinados à contratação de pessoal.
“Com a crise econômica, a arrecadação municipal apresentou queda de 14,5%, e isso prejudicou o nosso
orçamento, a ponto da administração municipal quase ser enquadrada na Lei de Responsabilidade Fiscal. Com isso, as contratações estão suspensas. Enquanto não melhorar, os candidatos devem ficar em espera”, ressaltou Alves.

Processo seletivo

Homologado em novembro de 2007, o processo seletivo completou um ano justamente no momento em
que a crise econômica internacional atingiu o auge. Na ocasião, a prefeitura utilizou um mecanismo de prorrogação de validade do concurso, estendendo o prazo de vencimento deste por mais um ano, até novembro de 2009. A contratação de novos guardas municipais está entre uma das bandeiras de luta do Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema. Para a integrante da diretoria executiva da entidade, Roseli Aparecida de Souza, “existe uma defasagem muito grande entre o número de GCMs necessários e os disponíveis”

(Diário Regional – 20/05/2009)

Debate sobre Segurança lota Plenarinho da Câmara
http://www.cmdiadema.sp.gov.br/index.php?p=noticias&n=1141
(Site da Câmara de Diadema - 20/05/2009)

08.05.09

Permalink 08:55:53, por Wilson, 478 palavras, 130 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Profissionais da segurança podem se inscrever para novo ciclo de cursos no Telecentro municipal

Luciana Yamashita - Começam nessa sexta-feira, 08 de maio, as inscrições para o 16º ciclo de cursos de ensino à distância promovidos pela Rede Nacional de Educação à Distância, da Secretaria Nacional de Segurança Pública. Em Diadema, os profissionais da segurança pública têm à disposição o Telecentro Municipal, da Secretaria de Defesa Social, para realizar os cursos.
O projeto faz parte do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania), do Governo Federal, e participar dos cursos é um dos requisitos para o profissional receber a Bolsa Formação de R$ 400 durante 12 meses.
As inscrições vão até 20 de maio com limite de 180 mil vagas em todo o Brasil. Os profissionais podem escolher um dos 35 cursos oferecidos, entre eles Mediação de Conflitos, Planejamento Estratégico, Direitos Humanos e Cidadania, Convênios na Área da Segurança e Planejamento Orientado por Problemas.
Os cursos começam em 02 de junho, com carga horária entre 40 e 60 horas/aula. O objetivo do projeto é buscar a qualificação e valorização dos profissionais de segurança pública e justiça criminal e, consequentemente, a melhoria das ações de segurança pública.
Em abril último, 90 GCMs de Diadema que participaram do 15º ciclo de cursos da Senasp no Telecentro Municipal e preencheram os requisitos do programa começaram a receber o benefício da Bolsa Formação. As inscrições podem ser feitas no site do Ministério da Justiça: www.mj.gov.br/ead
Telecentro - No Telecentro de Diadema, são 1.800 matriculados atualmente, sendo o local referência também para guardas da região central e sul de São Paulo e de Mauá. O Ensino à Distância em segurança pública foi iniciado em outubro de 2005 no país, e conta hoje com 270 telecentros. Diadema, junto com os municípios de São Leopoldo (RS) e Rio de Janeiro (RJ), foram os primeiros municípios a receber os telecentros, em maio de 2006.
O local conta com uma tele-sala, com quatro canais corporativos exclusivos da Senasp e cada um destes canais permite o complemento dos cursos via internet, além de outros, uma websala, uma sala de tutoria e outra de conexão. Ao todo são 15 computadores para os alunos e tutores dos cursos e um servidor, instalados na base da Guarda Civil Municipal.
Para implantação do sistema, o município contou com investimento federal da ordem de R$ 175 mil, vindos da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), do Ministério da Justiça. O governo forneceu os computadores e mobiliário e a Prefeitura entrou com a cessão do espaço e profissionais para administrar o aprendizado.

Leia: http://www.diadema.sp.gov.br/apache2-default/index.php?option=com_content&view=article&catid=250:releases&id=5165:profissionais-da-seguranca-podem-se-inscrever-para-novo-ciclo-de-cursos-no-telecentro-municipal
(Prefeitura de Diadema - 7/05/2009)

04.05.09

Permalink 10:34:31, por Wilson, 282 palavras, 100 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCMs de Diadema terão auxílio de R$ 400

Nicole Briones - Os 90 guardas civis municipais de Diadema que assistiram aos cursos a distância de formação em segurança pública do Ministério da Justiça receberão, a partir deste mês, uma Bolsa Formação no valor de R$ 400 mensais durante 12 meses. O projeto integra as políticas do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) e visa qualificar os profissionais da justiça criminal e segurança pública.Os participantes puderam escolher entre 33 cursos, tais como Mediação de Conflitos, Planejamento Estratégico,Análise Criminal; Combate à Lavagem de Dinheiro, Gerenciamento de Crise, Sistema e Gestão em Segurança Pública; e Crimes Ambientais. “Ao todo são cerca de 250 guardas compondo o efetivo da Guarda Civil Municipal(GCM). Partindo desse ponto, é importante destacar que quase a metade do contingente procurou receber aformação extra”, ressaltou o comandante da GCM, Hideraru Gombata. As aulas virtuais foram ministradas no Telecentro Municipal da Secretaria de Defesa Social.Os cursos são promovidos pela Rede Nacional de Educação à Distância, da Secretaria Nacional de SegurançaPública, e realizados em ciclos de três meses, com carga entre 40 e 60 horas. Para participar do programado Ministério da Justiça o profissional deve receber salário bruto inferior a R$ 1,7 mil, não possuir condenaçãopenal nos últimos cinco anos e não ter sido condenado pela prática de infração administrativa grave. A bolsa poderáser renovada anualmente, caso o oficial participe de um novo curso e continue atendendo aos requisitos. Asinscrições para o 16º ciclo dos cursos de educação a distância serão abertas dia 8 de maio.

(Diadema Jornal - 3/05/2009)

08.04.09

Permalink 10:33:35, por Wilson, 386 palavras, 110 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Segurança de Reali assume subcomando da GCM

Elaine Granconato - O segurança do prefeito de Diadema, Mário Reali (PT), o GCM (Guarda Civil Municipal) Emilio D''Angelo Junior foi nomeado como subcomandante da corporação ontem pela manhã, durante apresentação oficial feita pelo secretário de Defesa Social, José Francisco Alves. Emilio, servidor público efetivo desde 2000 e pertencente à 1ª Classe, é alvo de procedimento investigatório criminal do Ministério Público (veja matéria nesta página).
Além do novo posto de Emilio, assumiu o comando da GCM o oficial de reserva da Polícia Militar Hideharu Gonbata no lugar do ex-subcomandante Olavo Croqui da Silva, que exercia interinamente a função desde 9 de março.
A Prefeitura não informou se Emilio fazia parte da equipe de segurança de Reali. Porém, guardas municipais entrevistados pelo Diário, que não quiseram se identificar por temer represálias, confirmaram. Segundo os relatos, o subcomandante empossado estava na equipe formada por cinco a seis GCMs que fazem a segurança do petista. "São os chamados vips (especiais)", afirmou um deles.
Outro guarda municipal revelou que Emilio foi o segurança da ex-secretária de Defesa Social Regina Mikina, durante a gestão do ex-prefeito José de Filippi Júnior (PT). Aliás, acompanhou Regina nos atos de campanha eleitoral de Reali pela cidade. "Vestido inclusive com a camisa do PT."
Os guardas municipais disseram que Filippi tinha 11 seguranças vip, todos GCMs e que trabalhavam sem farda, à disposição diariamente. A Prefeitura justificou que a escolha do subcomandante e do comandante se deu por conta da "capacidade técnica e experiência em ações de segurança, prevenção e combate à violência demonstradas em suas carreiras".
Tumulto - A troca de comando na corporação ocorreu exatamente seis dias depois do quebra-quebra na Câmara, orquestrado pelos professores da rede estadual de ensino contrários ao projeto de lei do Executivo de municipalização de cinco escolas de ensino fundamental, a princípio. A Prefeitura negou que a saída do comandante interino esteja relacionada ao incidente. O que foi rebatido por um GCM: "Foi a gota d''água". A corporação possui 203 profissionais, além de 157 guardas civis patrimoniais.

Leia: http://politica.dgabc.com.br/default.asp?pt=secao&pg=detalhe&c=8&id=5737733
(DGABC - 08/04/2009)

06.04.09

Permalink 11:02:22, por Wilson, 571 palavras, 143 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Mesmo pressionados, vereadores aprovam municipalização

Havolene Valinhos - Polícia Militar, GCM e Força Tática ficaram de prontidão dentro e fora do plenário durante as duas votações Apesar dos gritos de reprovação de mais de 300 manifestantes, o projeto de municipalização do ensino fundamental em Diadema foi aprovado ontem (02). O clima foi de quebra-quebra. Às 14h, teve início a sessão plenária, votados os quatro primeiros itens da ordem do dia. No início da leitura do quinto, que dizia respeito à municipalização de cinco escolas estaduais, o coordenador da sub-sede do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Ivanci Vieira, e outros manifestantes invadiram o plenário pedindo a interrupção da sessão. “A prefeitura vê de forma contábil a municipalização. Eles votaram os quatro projetos a toque de caixa. Pedi para usar a tribuna livre e não fui atendido. Por isso, eu e alguns professores decidimos entrar no plenário. Foi então que os guardas jogaram gás de pimenta em nós, a GCM começou a repressão, até cachorro colocaram em cima de nós”. Apesar de ser voto contrário dentro do próprio PT, a vereadora Irene dos Santos, disse que não recebeu nenhuma solicitação. “Não recebi nenhum pedido de uso da tribuna. Sou contra a municipalização, pois são várias questões que precisam de tempo para serem discutidas”. Já o comandante interino da GCM, Olavo Coqui, afirmou que os guardas não têm a função de reprimir, mas foi necessário pedir reforço do efetivo. “O gás de pimenta não é equipamento dos guardas, mas não posso garantir que não partiu da GCM, uma vez que eles podem ter trazido de fora. Temos cerca de 10 GCMs que fazem a segurança do prédio. Foi necessário pedir a presença de mais 15”. A reivindicação da Apeosep é pela manutenção do emprego de 200 professores. “A prefeitura não terá condições de manter todos os professores e os que ficarem terão sub empregos. Maninho prometeu que haveria uma audiência pública para discutir o projeto e não cumpriu”, reclamou Vieira. A prefeitura por meio de nota disse que assumirá o quadro de pessoal efetivo (professores e funcionários), repassando ao Estado o valor dos salários desses profissionais. Quanto aos professores temporários, a idéia é contratá-los até o mês de dezembro, realizando concurso público para efetivar todo o quadro das escolas conveniadas a partir de 2010. Mais tarde chegaram a Polícia Militar e Força Tática, que ficaram de prontidão dentro do plenário durante as duas votações. Em meio a vaias, ovos, palavras de ordem como “abaixo a repressão, professor não é ladrão”, às 17h30, os vereadores votaram de pé. Foram nove votos contrários e seis a favor, o que compõe a maioria para a aprovação do projeto. Com as alterações da Lei Orgânica do Município votadas ainda no ano passado e publicadas há duas semanas, o presidente da Casa, Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), convocou sessão extraordinária, por volta das 19h30, que obteve mesmo debaixo de protestos o mesmo quadro de votos: nove votos contrários e seis a favor.

(Estação Notícias - 03/04/2009)

03.04.09

Permalink 11:32:11, por Wilson, 409 palavras, 109 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

APÓS BOMBAS E QUEBRA-QUEBRA, DIADEMA APROVA

Karen Marchetti - Vereadores conseguem votar projeto apenas com a presença de PMs, GCMs e Força TáticaFoi com a presença de GCMs (guardas civis municipais), PMs (policiais militares) e integrantes da Força Tática que os vereadores de Diadema conseguiram aprovar a municipalização de cinco escolas da cidade. Em uma sessão extra, ainda nesta quinta-feira (2/4), por volta das 20h, a matéria foi aprovada em segunda votação. A votação aconteceu em sessão tumultuada, nesta tarde, que teve desde ovos até gás de pimenta, além de muitos insultos e quebra-quebra. O trabalho dos vereadores já começou com a presença de aproximadamente 200 professores manifestantes, que chegaram a 400 no final da tarde. Os professores invadiram o local exclusivo dos parlamentares, quebraram mesas e atiraram ovos. Bombas de gás de pimenta foram utilizadas para conter os manifestantes. Os professores acusam a GCM (Guarda Civil Municipal) pela autoria das bombas, mas a Guarda nega. Votação - O projeto do prefeito Mário Reali (PT) foi aprovado com nove votos favoráveis, seis contrários e uma ausência. Durante a votação, alguns professores, com narizes de palhaço, chamaram os vereadores de "vendidos". Uma única emenda com nove mudanças ao projeto também foi aprovada. A principal alteração, que já havia sido prometida pela secretária de Educação, Lúcia Couto, é a garantia de contratação dos professores titulares que optarem em permanecer em salas de aulas em escolas conveniadas. Também está prevista a contratação dos professores temporários durante este ano e a realização de concurso público para atribuição de aulas a partir de 2010. Temendo que a mesma manifestação acontecesse na semana que vem, na sessão da próxima quinta-feira (9/4), os vereadores convocaram uma sessão extraordinária que aconteceu duas horas após o término da sessão ordinária (por volta das 20h). Uma alteração ao RI (Regimento Interno) da Casa foi o que possibilitou a convocação de uma segunda sessão no mesmo dia para já aprovar o projeto em segunda discussão.

http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=12481

VEREADORES ESPERAM FORÇA TÁTICA PARA VOTAR PROJETO
http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=12477

MANIFESTAÇÃO E BOMBAS DE GÁS PARAM CÂMARA DE DIADEMA HTTP://WWW.ABCDMAIOR.COM.BR/NOTICIA_EXIBIR.PHP?NOTICIA=12476

(ABCDMaior - 02/04/2009)

26.02.09

Permalink 11:42:46, por Wilson, 395 palavras, 102 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Unidos do Serraria é a vencedora do Carnaval 2009

Ana Maria Machado - A paz e alegria marcaram mais uma vez o Carnaval em Diadema. Nos quatro dias de festa, as autoridades policiais não registraram nenhuma ocorrência grave e a população pode festejar tanto nos desfiles, quanto nas matinês e bailes. Na terça-feira, dia 24, foi feita a apuração no Clube Mané Garrincha. Com 10 em todos os quesitos, a Escola de Samba Unidos do Serraria foi eleita a vencedora do Grupo Especial. Com a homenagem prestada ao compositor Pixinguinha, a escola ainda levou dois estandartes de ouro em alegoria e enredo. Com essa vitória torna-se escola bicampeã do Carnaval de Diadema após 22 anos de fundação, e acumula cinco títulos na cidade. “Foi determinante para a nossa vitória a união da equipe e muita força de vontade para fazer um trabalho que fosse superior ao do ano passado”, disse o presidente da escola, Carlos Antonio Gama.A Prefeitura investiu cerca de R$ 800 mil na infraestrutura do Carnaval e subsídios para as 11 escolas da cidade. Mais de 50 GCMs e 80 policiais militares garantiram à segurança da população, além do suporte do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, SAMU. Estimativa da Guarda Municipal aponta mais de 50 mil pessoas nos quatro dias de folia. A Unidos da Vila Nogueira ficou em 2º lugar com uma pequena diferença de três décimos, mas levou seis estandartes de ouro: harmonia, evolução, fantasia e destaque, ala das baianas, comissão de frente e mestre sala e porta-bandeira. No Grupo de Acesso, a Eldorado Estação do Samba, que tem apenas três anos de vida, surpreendeu com a nota 99,5 e subiu para o Grupo Especial. “Estamos muito satisfeitos por conquistar o título de campeã do Grupo de Acesso, mesmo sendo a escola mais nova de Diadema. Agora vamos para o Grupo Especial brigar pelo título de campeã da cidade’, aposta o diretor da escola, Edmilson Pereira da Silva. Este ano duas escolas subiram para o Grupo Especial, além da Eldorado Estação do Samba, a Unidos da Vila, vice-campeã, também desfilará no Grupo Especial no próximo ano. Já as escolas Estopim da Fiel Torcida e Raposa do Campanário desceram ao Grupo de Acesso, com as notas 96,8 e 97, 1, respectivamente. Confira o placar final:

(Site da Prefeitura de Diadema - 26/02/2009)

16.01.09

Permalink 09:50:09, por Wilson, 558 palavras, 151 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Sindicalista é preso durante manifestação

Deise Cavignato - Os usuários do Terminal Metropolitano de Diadema tiveram uma manhã atípica nesta quinta-feira (15/01). Uma manifestação organizada pelo Sinditap (Sindicato dos Trabalhadores em Sistemas de Transportes e Anexos, Aposentados e Pensionistas do Estado de São Paulo) paralisou ônibus e tróleibus na tentativa de chamar a atenção para reivindicações. De acordo com o diretor do sindicato, Dermício Dutra da Silva, duas viações que atuam na região desrespeitam os funcionários. “A ETCD (Empresa de Transporte Coletivo de Diadema) e principalmente a Viação Imigrantes não pagam a participação nos lucros dos trabalhadores, o salário está abaixo do piso, tem alguns motoristas e cobradores sem registro na carteira e não pagam hora extra”, afirmou. Os veículos dificilmente circularam e houve movimentação dos GCMs (Guarda Civil Metropolitana) e de PMs (Policiais Militares). Durante a manifestação, o presidente do sindicato, Luiz Carlos Moraes, recebeu voz de prisão e foi encaminhado ao 1º D.P. (Delegacia de Polícia) da cidade, onde permanecia até o final da tarde. O soldado da 1ª Companhia do 24º Batalhão, Ângelo, encaminhou outros manifestantes para a delegacia. “O pessoal do sindicato começou a depredar os ônibus e algumas pessoas saíram feridas e, por isso, nós tivemos que deter o presidente do Sindicato”, justificou. Mesmo com a prisão do sindicalista, o vice-presidente do Sindicato, José Júnior, disse que continuaria com a manifestação. “Vamos até a garagem (da Imigrantes) na avenida Cupecê para discutir o acordo com os patrões, porque não podemos continuar nessa situação”, afirmou. Rotina abalada – As pessoas que estavam nos ônibus que passavam pelo terminal ficaram assustadas. “Eu tava no ônibus e quando chegamos perto do terminal, pediram para parar, não entendi nada do que estava acontecendo. Nós fomos obrigados a descer antes de entrar no terminal. Algumas pessoas começaram chorar porque não tinham dinheiro para comprar um novo bilhete para entrar no terminal e fazer a baldeação”, contou a funcionária pública, Liliane Ventura. Em nota, a Prefeitura disse que “estranha e repudia os atos de vandalismo e baderna provocados por pessoas desconhecidas nos referidos terminais de transporte coletivo do município”. Ainda de acordo com a Prefeitura, dois veículos da ETCD (Empresa de Transportes Coletivos de Diadema) tiveram os vidros quebrados e pneus furados. Outros 11 da Empresa Imigrantes, concessionária privada que opera linhas municipais na cidade, teriam sido danificados. De acordo com informações da Prefeitura, nem a secretaria de transportes do município, nem a ETCD receberam qualquer pauta de reivindicação ou pedido de negociação. A ETCD registrou Boletim de Ocorrência e acionou a Justiça para processar os responsáveis pelas ações. A reportagem tentou conversar com o Sindtap sobre as acusações de vandalismo, mas não obteve retorno.Violência recorrente - Não é a primeira vez que o Sinditap vê seu nome envolvido em casos de violência. Na mais recente, no entanto, a vítima foi a própria instituição que teve sua sede em Diadema invadida e destruída, em meados de maio de 2008. Na ocasião um dirigente da entidade sofreu ameaças de morte via telefone.

Leia: http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=10976
(ABCDMaior - 16/01/2009)

11.12.08

Permalink 09:25:12, por Wilson, 462 palavras, 1312 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Cartório de Registro de Imóveis de Diadema é um dos mais modernos do país

MICHELE COUTINHO - Há mais de 40 anos os munícipes de Diadema contam com os serviços do Cartório de Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica. Com o passar dos anos e o crescimento da população observou-se a necessidade de aprimorar o atendimento prestado. Em 2003 o estabelecimento passou a funcionar em novo endereço e com novas instalações. “Ao assumir como registradora percebi que existia uma carência de instalações apropriadas para o recebimento do público. O local não provia de acessibilidade e não havia gestão de pessoas e nem de recursos materiais”, disse a oficiala do Cartório de Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica, Patrícia André de Camargo Ferraz. O cartório conta hoje com um sistema de trabalho todo informatizado, o que agiliza a prestação de serviços. Há um mês o cartório implementou um site de acesso aos usuários, onde constam todas as informações necessárias e auxiliares sobre os serviços oferecidos, além de dispor do serviço de solicitação de certidões via on-line, por e-mail e fax. “Hoje nós temos cerca de 20 funcionários, todos treinados e comungando de um único objetivo: prestar um serviço ágil e eficiente àqueles que nos procuram”, finalizou Patrícia. Serviços ä O cartório fica localizado à rua Graciosa, nº406, Centro. Telefones: 4057-2813, 4056-1987. Site: www.registrodediadema.com.br

GCMs comemoram nove anos com gincana esportiva
DIADEMA - A Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema completa nove anos e desenvolveu diversas atividades para a comemoração, entre elas a 1ª Gincana da GCM, que teve início em 12 de novembro e prossegue até o fim do ano. O evento é composto por 12 atividades realizadas no período de folga e nenhuma delas está relacionada diretamente à atividade profissional. Do total de 219 profissionais do efetivo, 120 estão participando da primeira edição da Gincana, entre as modalidades caça ao tesouro, canoagem na represa Billings, ensaio e apresentação de grupos de canto coral; futebol, cabo-de-guerra, biribol; serragem de toras de madeira e minimaratona. Os GCMs formaram seis equipes para executar as tarefas, que valem pontos de 10 a 100. “O objetivo da Gincana é promover a integração, diversão e confraternização entre os guardas”, afirma Rogério Fortunato da Rocha, organizador do evento. “Com a realização da Gincana, houve uma melhora significativa no ambiente de trabalho”, destacou.Valdenir Laurentino da Silva considera que foi uma boa idéia. “A maioria dos guardas está gostando e agregando o pessoal.” O sargento Cláudio Onofre, da Polícia Militar de Diadema, participa como convidado do evento. “A gincana é uma excelente idéia”, afirmou.

(Diadema Jornal - 11/12/2008)

10.12.08

Permalink 11:34:22, por Wilson, 204 palavras, 187 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCMs comemoram nove anos com gincana esportiva

Diadema - A Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema completa nove anos e desenvolveu diversas atividades para a comemoração, entre elas a 1ª Gincana da GCM, que teve início em 12 de novembro e prossegue até o fim do ano.
O evento é composto por 12 atividades realizadas no período de folga e nenhuma delas está relacionada diretamente à atividade profissional.
Do total de 219 profissionais do efetivo, 120 estão participando da primeira edição da Gincana, entre as modalidades caça ao tesouro, canoagem na represa Billings, ensaio e apresentação de grupos de canto coral; futebol, cabo-de-guerra, biribol; serragem de toras de madeira e minimaratona.
Os GCMs formaram seis equipes para executar as tarefas, que valem pontos de 10 a 100. “O objetivo da Gincana é promover a integração, diversão e confraternização entre os guardas”, afirma Rogério Fortunato da Rocha, organizador do evento. “Com a realização da Gincana, houve uma melhora significativa no ambiente de trabalho”, destacou.
Valdenir Laurentino da Silva considera que foi uma boa idéia. “A maioria dos guardas está gostando e agregando o pessoal.” O sargento Cláudio Onofre, da Polícia Militar de Diadema, participa como convidado do evento. “A gincana é uma excelente idéia”, afirmou.

(Diário Regional - 10/12/2008)

05.08.08

Permalink 10:26:31, por Wilson, 468 palavras, 125 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCMs de Diadema pedem segurança em alojamento

Luciano Cavenagui - Integrantes da Guarda Civil Municipal de Diadema reivindicam maior segurança no alojamento da corporação, localizado no Parque Sete de Setembro. Os guardas fizeram um abaixo-assinado, com 64 assinaturas, cobrando providências. Guardas entrevistados pela reportagem disseram que costumam sumir dos armários não só objetos pessoais, mas também munições das armas utilizadas.
O abaixo-assinado foi encabeçado pelo guarda C.J.L.B., 31 anos, que pediu para não ser identificado. Entre os dias 1º e 2 de julho, B. afirma que sumiram de seu armário 12 munições de revólver calibre 38. As armas são colocadas em outro local, considerado mais seguro. "Como os furtos eram costumeiros, nem comuniquei o fato para o comando. Só me manifestei após o dia 10, pois achei injusto o que ocorreu", disse o guarda. "Nesse dia, desapareceu um laptop da sala da secretária de Defesa Social, Regina Miki. Para fazer a segurança do local, foi deslocado um guarda, enquanto que no alojamento nada era feito", ressaltou.
Para manifestar sua indignação, B. enviou ofício ao comando da corporação solicitando providências no alojamento e comentando o que fora feito na sala da secretária.
O abaixo-assinado com o apoio dos colegas foi enviado ao comando da GCM em 29 de julho. Um dos signatários é J.L.S., 28 anos. "Ficamos descontentes com o que ocorreu. Estamos desiludidos com o trabalho na corporação."
Segundo os guardas, qualquer pessoa que circula pela Fundação Florestan Fernandes, onde está situada a sede, tem acesso ao alojamento.
A Prefeitura de Diadema informou que o GCM não foi punido e que trabalha normalmente, assumindo seu posto e escalas rotineiras. No entanto, foi instaurada uma sindicância para apuração de fatos relatados por ele, em documento de próprio punho, ao Comando da Guarda, no dia 15 de julho de 2008.
A Corregedoria instaurou sindicância para apurar por que tal fato - a subtração dos cartuchos - foi comunicado apenas 15 dias depois do ocorrido. O Regulamento da Corporação e o próprio Estatuto do Desarmamento determinam a comunicação imediata. Além disso, prevê obrigatoriedade do registro de boletim de ocorrência sobre o desaparecimento de material bélico.
No momento, a sindicância está em fase de fornecimento de informações por parte do guarda à Corregedoria. Quanto ao abaixo-assinado, a Prefeitura de Diadema informa que respeita todas as formas democráticas de manifestação.
A Prefeitura de Diadema confirmou o furto do laptop da secretária, mas negou que o guarda tenha sido deslocado exclusivamente para realizar a segurança do local. A Prefeitura informou que o guarda está no local para "preservar o próprio público".

Leia: http://www.dgabc.com.br/default.asp?pt=secao&pg=detalhe&c=1&id=19571
(DGABC - 5/08/2008)

30.06.08

Permalink 12:06:02, por Wilson, 170 palavras, 109 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Mulher é presa pela GCM

LUCIANA SERENO - Uma mulher de 30 anos acabou presa em flagrante por homens da Guarda Civil Municipal de Diadema, na tarde da última sexta-feira. Com ela, os policiais recuperaram um par de chinelos novos, um tapete e outros itens que ele acabara de furtar de comércios da região central da cidade.
Um toca – CDs e uma jaqueta, levados de um veículo que estava estacionado, com os vidros abertos, em uma das ruas do Central também foram localizados.
Para praticar os furtos, ela usava uma peruca com a intenção de disfarçar, já que pratica roubos na mesma área constantemente, além de morar nas proximidades.
Segundo os GCMs que atenderem o caso, a indiciada já é conhecida dos comerciantes da cidade por praticar constantes furtos.
No momento da abordagem, o par de chinelos e demais itens furtados estavam escondidos na bolsa, enquanto o toca-CDs estava escondido na calça da indiciada que vestia a jaqueta furtada e carregava o tapete embaixo do braço.

(Jornal Hoje – 28 e 29/06/2009)

19.06.08

Permalink 10:08:24, por Wilson, 413 palavras, 262 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

MP abre inquérito para investigar hora extra de GCMs

Leandro Baldini/ Da Sucursal de Diadema - A Promotoria da Cidadania do Ministério Público em Diadema abriu inquérito contra a Prefeitura para investigar suposto crime de improbidade administrativa. A iniciativa foi baseada em uma denúncia de pagamento indevido de horas extras a 20 integrantes da GCM (Guarda Civil Municipal).
A acusação foi apresentada no mês passado pelo candidato a prefeito de Diadema e deputado estadual José Augusto da Silva Ramos (PSDB) no Gaerco (Grupo de Atuação Especial Regional para Prevenção e Repressão ao Crime Organizado) de Santo André.
O tucano afirma ter entregue ao órgão um dossiê de horas extras cujo conteúdo inclui documentação oriunda da administração. Segundo ele, os dados apontam que o grupo de guardas recebeu entre 96 e 212 horas extras. Além disso, estariam entre os beneficiários os supervisores da GCM, os seguranças da secretária de Defesa Social, Regina Miki, e do prefeito José de Filippi Júnior (PT).
No âmbito civil, a promotora de Justiça em Diadema, Cecília Denser de Sá Astoni, destaca que a denúncia reúne argumentos para uma investigação. "O Gaerco investiga a questão criminal e nós, a área civil. Vamos apurar", explica a promotora.
O advogado especialista em direito público Marino Pazzaglini Filho destaca que a improbidade administrativa pode acarretar em algumas punições, como suspensão dos direitos políticos e perda do exercício de função pública. "Essa lei é conhecida como anticorrupção. Pode apresentar punição desde o agente administrativo até o prefeito." A Constituição Federal, em seu parágrafo 4º do artigo 37, rege sobre a questão.
Em meio às investigações, a comandante da GCM, Regina Bertoldo, e o sub-comandante, José Ricardo Fernandes, foram exonerados dos cargos e substituídos por Cláudio Oliveira Santos e Laércio Anacleto José, respectivamente.
Gaerco - A promotora do Gaerco, Sandra Reimberg, comenta que as investigações seguem. "Ouvimos dois GCMs que confirmaram o esquema de irregularidade e uma, que estava entre as relacionadas no recebimento de hora extra, negando. Porém ainda faltam novas ações para sabermos se será aberto um inquérito criminal."
Por nota, a Prefeitura informou que "trabalha com controle na aplicação dos recursos públicos e que está à disposição da Promotoria para esclarecer qualquer dúvida".

Leia: http://www.dgabc.com.br/default.asp?pt=secao&pg=detalhe&c=8&id=11426
(DGABC - 19/06/2008)

29.05.08

Permalink 12:21:22, por Wilson, 358 palavras, 141 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Vaguinho já fala em CEI da Guarda Municipal

George Garcia - O vereador de Diadema, Wagner Feitosa, o Vaguinho do Conselho (PSB), acredita que a denúncia feita anteontem pelo deputado José Augusto Ramos (PSDB) sobre pagamentos supostamente irregulares a Guarda Municipais deve “dar briga” na Câmara e que se as denúncias forem comprovadas, pode ser o caso de um pedido de instalação de uma Comissão Especial de Inquérito.
“Acho que quinta-feira devemos debater o assunto. Eu já estou preparando um requerimento pedindo informações sobre as escalas de serviço dos guardas nos últimos quatro anos. O caso é grave e a sociedade precisa de uma resposta”, apontou.
Por outro lado o PT não está nem um pouco preocupado. “A bancada está rindo da cara do deputado”, com esse comentário o vereador de Diadema e líder de governo na Câmara, Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT).
O deputado estadual, José Augusto da Silva Ramos (PSDB), que é pré-candidato a prefeito, levou aos promotores do Gaerco (Grupo de Atuação Especial Regional para Prevenção e repressão ao Crime Organizado) documentos que segundo ele seriam indícios de que a administração de José de Filippi Júnior (PT) faria pagamentos de horas extras não trabalhadas a GCMs.
“O deputado começou a demonstar seu desespero. Estamos ( a bancada) muito tranqüilos quanto a isso, que ninguém da Guarda deve nada”, continuou Maninho, que disse também que está preparado para a repercussão na sessão de amanhã. “Estamos prontos para o debate”.
Não tão seguro como o colega de partido, o vereador Jair Batista da Silva (PT), disse que vai reunir-se hoje com integrantes do governo. “Vou conversar com a secretária Regina Miki se os documentos apresentados pelo deputado são verdadeiros, certamente há justificativa plausível”.
Ramos disse que não tem intenção de criar um fato político. “Achariam que, porque é ano eleitoral, eu iria querer fazer política em cima disso, portanto resolvi trazer tudo para o Ministério Público. Esse foi um gesto de cidadania, independente de ser candidato ou não”.

(ABC Repórter – 28/05/2008)

Permalink 12:13:40, por Wilson, 684 palavras, 160 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Entrega do Quarteirão faz Diadema parar

Karen Marchetti - Em palanque improvisado na avenida Antonio Piranga, em frente ao Quarteirão da Saúde, inaugurado dentro do prazo estipulado pela Justiça para entrega de obras em ano eleitoral, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem (26) que a cidade deixou de ser “a prima pobre do ABC”, para figurar entre as principais da região. “Freqüento Diadema há 35 anos, quando vinha aqui como diretor sindical para fazer panfletagem em porta de fábrica. Nestes últimos anos você, companheiro Filippi (prefeito José de Filippi), conseguiu transformar a cidade em uma das mais extraordinárias do ABC”, disse o presidente, ao entregar o maior complexo hospitalar da região.
A organização do evento estima que mais de 5 mil pessoas pararam para assistir ao evento. O público fazia muito barulho a cada fala entusiasmada de Lula, ao enaltecer à administração. A grande maioria era militante e agentes do programa Saúde da Família. Ao lado de deputados, senadores, vereadores, secretários municipais e do ministro da saúde, José Gomes Temporão, o presidente evitou falar de eleições e do prefeito, porém, elencou algumas conquistas do partido na cidade que, segundo ele, marcaram época.
“Há 25 anos elegemos o primeiro prefeito do PT no Brasil, que foi o companheiro Gilson Menezes (PSC), e dez meses depois construímos o primeiro Pronto-socorro da cidade”, comentou.
Menezes deve compor chapa com o pré-candidato petista ao Executivo, deputado Mário Reali, que assistiu ao pronunciamento na lateral da área VIP, onde também estavam outros aspirantes ao cargo de prefeito como o petista Vanderlei Siraque, que disputará o Paço de Santo André.
Procurados pela reportagem, ambos disseram que a visita de Lula à região pode angariar votos para a chapa majoritária da legenda. A inauguração do equipamento, que levou mais de quatro anos para ser concluído e abrirá suas portas na próxima segunda-feira (02), foi comemorada a exaustão prefeito. “Esta cidade está em festa. È um sonho que começou em 2005 e contagiou toda a equipe. É com orgulho que entregamos 800 chaves (salas de especialidades e atendimento) para a população ter acesso a serviços qualificados, a partir de 2 de junho”, ressaltou Filippi.

Megaestrutura é montada para entrega do complexo hospitalar

KAREN MARCHETTI - Centenas de cadeiras estavam distribuídas ao longo da avenida Antonio Piranga, em Diadema, mas o número não foi suficiente para as mais de 5 mil pessoas presentes, segundo estimativas da Prefeitura de Diadema, à inauguração do Quarteirão da Saúde. Cerca de quatro horas antes da chegada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, centenas de populares já começavam a disputar um espaço perto do palco. Os ensaios de bandas da cidade em frente ao complexo hospitalar eram ouvidos à distância às 14 horas, sendo que a chegada do presidente aconteceu somente às 17 horas.A vinda de Lula a Diadema mudou a rotina dos munícipes. O trânsito na área central teve diversas modificações, como o itinerário dos tróleibus, que apesar de mantido sofreu um leve desvio de percurso. Os semáforos foram desligados para dar maior fluidez ao tráfego no Centro do município, e agentes de trânsito orientavam os motoristas e pedestres.
Quem preferiu sair a pé, aprovou o esquema de segurança montado com guardas civis municipais (GCMs), policiais militares (PMs) e seguranças do presidente em quase todas as esquinas da área central de Diadema. De acordo com a assessoria de imprensa do Executivo, a megaoperação para a entrega do Centro de Especialidades Médicas contou com mais de 40 GCMs, 100 Pms e 60 agentes de trânsito.
Além da segurança, houve preocupação com o conforto da população. No local foram disponibilizados pela Companhia de Saneamento de Diadema (Saned) mais de 2 mil litros de água, bem como banheiros químicos. Mas houve quem não aprovou as medidas adotadas pela prefeitura. É o caso do morador Jéferson Pires de Camargo, que se disse irritado com as mudanças na rotina da cidade.

(Diadema Jornal – 29/05/2005)

27.05.08

Permalink 10:43:04, por Wilson, 1133 palavras, 269 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Inauguração do Quarteirão faz Diadema parar

Karen Marchetti - Em palanque improvisado na avenida Antonio Piranga, em frente ao Quarteirão da Saúde, inaugurado dentro do prazo estipulado pela Justiça para entrega de obras em ano eleitoral, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem (26) que a cidade deixou de ser “a prima pobre do ABC”, para figurar entre as principais da região. “Freqüento Diadema há 35 anos, quando vinha aqui como diretor sindical para fazer panfletagem em porta de fábrica. Nestes últimos anos você, companheiro Filippi (prefeito José de Filippi), conseguiu transformar a cidade em uma das mais extraordinárias do ABC”, disse o presidente, ao entregar o maior complexo hospitalar da região.
A organização do evento estima que mais de 5 mil pessoas pararam para assistir ao evento. O público fazia muito barulho a cada fala entusiasmada de Lula, ao enaltecer à administração. A grande maioria era militante e agentes do programa Saúde da Família. Ao lado de deputados, senadores, vereadores, secretários municipais e do ministro da saúde, José Gomes Temporão, o presidente evitou falar de eleições e do prefeito, porém, elencou algumas conquistas do partido na cidade que, segundo ele, marcaram época.
“Há 25 anos elegemos o primeiro prefeito do PT no Brasil, que foi o companheiro Gilson Menezes (PSC), e dez meses depois construímos o primeiro Pronto-socorro da cidade”, comentou.
Menezes deve compor chapa com o pré-candidato petista ao Executivo, deputado Mário Reali, que assistiu ao pronunciamento na lateral da área VIP, onde também estavam outros aspirantes ao cargo de prefeito como o petista Vanderlei Siraque, que disputará o Paço de Santo André.
Procurados pela reportagem, ambos disseram que a visita de Lula à região pode angariar votos para a chapa majoritária da legenda. A inauguração do equipamento, que levou mais de quatro anos para ser concluído e abrirá suas portas na próxima segunda-feira (02), foi comemorada a exaustão prefeito. “Esta cidade está em festa. È um sonho que começou em 2005 e contagiou toda a equipe. É com orgulho que entregamos 800 chaves (salas de especialidades e atendimento) para a população ter acesso a serviços qualificados, a partir de 2 de junho”, ressaltou Filippi.
Sem criar adversários, Lula disse que o chefe do Executivo enfrenta uma oposição acirrada na cidade, que deverá se intensificar nas eleições municipais, quando o PT tentará fazer a sucessão municipal. “Não pense que o Filippi tem moleza aqui não. Eu não agüentaria acordar às seis da manhã com uma turma (adversários da legenda) falando mal do Gilson Menezes com um alto-falante”, disse, relembrando os primórdios da legenda.

Filippi: “Os adversários não poderão dizer que faltou esforço”

O Quarteirão da Saúde foi planejado em 2004 para ser concluído inicialmente em cerca de um ano, com investimentos de R$ 25 milhões. No entanto, o projeto foi duplicado para 20 mil m² de área construída, o que consumiu perto R$ 70 milhões de recursos públicos, sendo R$ 35 milhões oriundos governo federal; R$ 33,5 milhões da Prefeitura de Diadema, e R$ 1,5 milhão do Estado, originário de emendas parlamentares, dentre as quais a do pré-candidato tucano ao Executivo, deputado José Augusto Ramos, principal adversário do PT nas eleições municipais.
Embora tenha exaltado o projeto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou a suposta demora na construção do equipamento. “Desde 2004 o Filippi (prefeito José de Filippi) me fala que precisava de um pouquinho de dinheiro do governo federal. Eu pensava que iríamos inaugurar em 2005, mas não foi possível, em 2006 também não deu. E ele me ligava dizendo que estava faltando R$ 5 mil, depois R$ 8 mil. No começo era pra custar R$ 25 milhões e chegou a R$ 70 milhões, porque na verdade não é só um hospital, é um conjunto de coisas boas para a população”, destacou o presidente.
Filippi disse que não se incomodou em “levar um puxão de orelha, porque cobrava todos os recursos, e, com isso, os adversários não poderão dizer que faltou esforço da administração”. Lula observou ainda que o complexo hospitalar deverá atender as camadas mais desfavorecidas da cidade que, segundo ele, abrange 90% da população do município. “Muitos prefeitos de cidades ricas deveriam passar aqui e voltar para a suas terras, com vontade de fazer igual ou melhor do que isso (Quarteirão da Saúde) que você fez aqui Filippi”, concluiu Lula.

Megaestrutura é montada para entrega do complexo hospitalar

Centenas de cadeiras estavam distribuídas ao longo da avenida Antonio Piranga, em Diadema, mas o número não foi suficiente para as mais de 5 mil pessoas presentes, segundo estimativas da Prefeitura de Diadema, à inauguração do Quarteirão da Saúde. Cerca de quatro honras antes da chegada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, centenas de populares já começavam a disputar um espaço perto do palco. Os ensaios de bandas da cidade em frente ao complexo hospitalar eram ouvidos à distancia às 14 horas, sendo que a chagada do presidente aconteceu somente às 17 horas.
A vinda de Lula a Diadema mudou a rotina dos munícipes. O trânsito na área central teve diversas modificações, como itinerário dos tróleibus, que apesar de mantido sofreu um leve desvio de percurso. Os semáforos foram desligados para dar maior fluidez ao tráfego no centro do município, e agentes de trânsito orientavam os motoristas e pedestres.
Quem preferiu sair a pé, aprovou o esquema de segurança montado com guardas civis municipais (GCMs), policiais militares (PMs) e seguranças do presidente em quase todas as esquinas na área central de Diadema. De acordo com a assessoria de imprensa do Executivo, a megaoperação para a entrega do Centro de Especialidades Médicas contou com mais de 40 GCMs, 10 PMs e 60 agentes de trânsito.
Além da segurança, houve preocupação com o conforto da população. No local foram disponibilizados pela Companhia de Saneamento de Diadema (Saned) mais de 2 mil litros de água, bem como banheiros químicos. Mas houve que não aprovou as medidas adotadas pela prefeitura. É o caso do morador Jéferson Pires de Camargo, que se disse irritado com as mudanças na rotina da cidade.
O munícipe reclamou de precisar pagar estacionamento para deixar o carro e ir caminhando até a casa da sua sogra, pois o trajeto estava interditado. “Reconheço que deve ter segurança reforçada com a presença do presidente, mas deveríamos ter sido avisados com muita antecedência, para nos prepararmos para esses transtornos”, criticou.

(Diário Regional – 24/05/2008)

18.04.08

Permalink 09:48:13, por Wilson, 323 palavras, 1375 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Motos são furtadas de pátio de Diadema

André Vieira, Supervisão de Samir Siviero - O pátio da Prefeitura de Diadema destinado a veículos apreendidos por irregularidades foi invadido no último domingo. Pelo menos 15 motos foram levadas e alguns proprietários sequer sabem que seus carros foram furtados.
O espaço, que fica no Jardim Inamar, próximo à Rodovia dos Imigrantes, foi invadido por assaltantes que quebraram parte do muro que cerca o local.
A Prefeitura de Diadema registrou o furto em dois boletins de ocorrência. Nomomento do assaltao, apenas um vigilante estaria no local.
Dono de uma moto recém-comprada – que foi apreendida por estar sem placa e com prazo para regularização expirado –, Lucas Rogério da Silva, 20 anos, soube pela Polícia Militar que sua Honda CG 150 foi encontrada, sem que ele sequer soubesse que o veículo havia sido levado do pátio, onde deveria estar sob proteção da Prefeitura.
O transtorno de Silva, no entanto, é ainda maior. De acordo com o proprietário, a moto foi encontrada com numeração de chassi adulterada e está agora recolhida no pátio do 1° DP do município.
“Fizemos um empréstimo no banco para pagar a documentação. Não podemos ficar com esse prejuízo”, lamentou a dona de casa Silvana Alves dos Santos, 36, mãe de Silva, que ainda paga as prestações do veículo. De acordo com ela, a família terá de pagar R$ 700 pelo período em que a moto ficou no pátio.

RESPONSÁVEL

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Diadema informou, em nota, que abriu uma sindicância para apurar as responsabilidades administrativas e tomar as devidas providências.
A administração informou ainda, que a segurança do local, antes realizada apenas por rondas esporádicas da GCM (Guarda Civil Municipal), será reforçada com a presença de GCMs 24 horas no pátio.

Leia: http://home.dgabc.com.br/materia.asp?materia=640851
(DGABC - 18/04/2008)

13.02.08

Permalink 10:24:03, por Wilson, 548 palavras, 709 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Sem comunicar, GCM muda de endereço

Karen Marchetti - Enquanto os foliões curtiam o Carnaval em Diadema, os guardas civis municipais (GCMs) mudavam para um prédio de propriedade da prefeitura, situado na Alameda da Saudade, 186, Centro. A troca do espaço foi necessária porque a área onde a base da GCM estava, na rua Graciosa, foi vendida ao grupo de investidores que formam a Empreendi, para a construção do Shopping Praça da Moça.

Como parte da negociação, a empresa será responsável pela edificação da sede definitiva da Guarda, localizada no Parque Pousada dos Jesuítas (rua Vitalina Caiaffa Esquível , 4071-Centro). Segundo a prefeitura, a obra teve iniício há mais de 15 dias. A corporação ficará na sede provisória por quatro meses.

Segundo a secretária de Defesa Social, Regina Miki, a mudança não foi comunicada à população por motivos de segurança. "Não queríamos esconder dos munícipes, mas precisávamos de sigilo para fazer uma mudança tranqüila, sem represarias, e foi isso que aconteceu" explica.

O novo prédio, onde também funciona a Fundação Florestan Fernandes, foi escolhido como sede da corporação porque é um local seguro, bem localizado e principalmente, por não ter custo com aluguel. "Com certeza estamos melhor do que antes, pois o prédio da Graciosa estava com a estrutura prejudicada", disse Regina.

A secretária ressalta que o novo espaço está sendo adaptado e algumas linhas de telefone não foram instaladas, por isso, alguns munícipes tiveram dificuldades em se comunicar com a GCM. No entanto, Regina destaca que alguns dos problemas serão sanados nos próximos dias. "A empresa de telefonia explicou que deve demorar entre 30 e 60 dias para normalizar as linhas de telefone, mas temos outros meios de comunicação", prevê.

Outro problema enfrentado pela corporação é a falta de estacionamento das viaturas, que estão sendo alojadas no cemitério municipal e Instituto Médico Legal, localizados na frente da nova base.

Os moradores que necessitarem de algum serviço realizado pela Guarda Municipal podem entrar em contato pelo número 0800-770-55-59 ou pelo 4057-1570 (número provisório).

Base da GCM será no Parque dos Jesuítas
Para construir um centro de compras mais amplo, a empresa responsável pelo Shopping Praça da Moça, a Empreendi, precisou negociar com a prefeitura a área de 3,4 mil metros quadrados, onde até a última semana era situada a base da Guarda Civil Municipal (GCM), localizada na rua Graciosa. O terreno custou aproximadamente R$ 1,8 milhão para empresa, mas este valor será pago por meio de permuta. A Empreendi iniciou as obras da base definitiva da corporação, localizada no Parque Pousada dos Jesuítas (rua Vitalina Caiaffa Esquível , 4071-Centro).

Segundo a prefeitura, em quatro meses o novo prédio estará pronto. Para a secretária de Defesa Social, Regina Miki, a localização da base definitiva é ideal, pois está próxima ao Centro da cidade e tem fácil acesso a qualquer região do município. "A administração fez uma boa negociação, pois mais cedo ou mais tarde teríamos de sair do prédio da Graciosa, porque a estrutura estava inadequada", conclui Regina. (KM)

(Diadema Jornal - Pág. 6 - Cidade - 10/02/08)

08.02.08

Permalink 10:41:13, por Wilson, 699 palavras, 204 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Unidos do Serraria é a campeã do Carnaval de Diadema

A escola Unidos do Serraria garantiu o seu quarto título como campeã do Carnaval 2008 de Diadema. Com o tema "Eu sou o chão, sou pó, sou poeira, sou samba, a raça brasileira", os 250 componentes da agremiação desfilaram em oito alas e exibiram dois carros alegóricos. A Unidos da Santa Cruz que estava no grupo de acesso subiu para o grupo especial.

O carnaval de Diadema contagiou o público com o lema "Samba no pé e paz no coração". De acordo com a Guarda Civil Municipal, durante os quatro dias de evento, não foi registrada nenhuma ocorrência grave.

A abertura oficial da festa ocorreu no dia 2 de fevereiro, às 21h, e foi marcada pela participação do Rei Momo e sua corte. Ao todo, onze escolas passaram pela Avenida Ulysses Guimarães, considerando o Grupo Especial, que desfilou no sábado e o de Acesso, no domingo.

As sessões de matinês e bailes ocorreram nos dois últimos dias da festa, entre 15h e 18h e das 22h às 04h, respectivamente. O baile foi animado pela "Banda Furiosa na Folia", que já participou de outros carnavais na cidade. Os quatro dias de festa reuniram cerca de 100 mil pessoas.

Apuração - A tensão e a ansiedade dominaram o clima durante a apuração dos pontos que ocorreu no dia 5 de fevereiro, no Ginásio Mané Garrincha. Durante toda a contagem, a Unidos do Serraria e a Raposa do Campanário estiverem em disputa pela liderança. O que acabou trazendo o troféu para as mãos da vencedora foi o quesito mestre-sala e porta-bandeira.

Em terceiro lugar ficou a Estopim da Fiel seguida pela Unidos da Vila Nogueira e Unidos da Vila Alice. A campeã do ano passado, Unidos da Vila, foi a última classificada e caiu para o Grupo de Acesso.

Estandarte de Ouro - A vencedora do grupo de acesso Unidos da Santa Cruz, subiu para o grupo especial no Carnaval 2009 com o enredo "Santa Cruz Pintando o Sete". "Esta é a primeira vez que vamos para o Grupo Especial. É um incentivo para a comunidade. Agora vamos trabalhar para nos mantermos onde estamos", afirmou o presidente da agremiação Anderson Fernandes de Oliveira.

Os troféus Estandarte de Ouro foram entregues para a Unidos do Serraria (ala das baianas, comissão de frente, melodia e mestre-sala e porta-bandeira), Raposa do Campanário (evolução e fantasia), Unidos da Vila Nogueira (alegoria e harmonia) e Estopim da Fiel Torcida (bateria e enredo).

Estrutura - Para que a festa fosse realizada a Prefeitura repassou R$ 200 mil às escolas de samba e investiu R$ 409 mil na infra-estrutura do evento como palco, som, iluminação, segurança, ambulância, pessoal para organização, fiscalização e apoio. A Saned disponibilizou duas caixas de água aos foliões, uma de 1.750 litros e outra de mil litros.

Um esquema especial de segurança foi montado e reuniu, por noite, 70 guardas civis municipais (GCM), 130 policiais militares e funcionários da Defesa Civil. A segurança das matinês e bailes também foi garantida por policiais militares e GCMs.

Uma equipe de 12 varredores cuidou da limpeza da passarela do samba, a cada passagem de escola. Foram colocados ainda tambores e containers para descarte do lixo.

Com o apoio e orientação do Centro de Referência e Treinamento (CRT-DST/AIDS) foram distribuídos aos foliões cerca de 20 mil preservativos e 30 mil panfletos. Já o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) manteve uma ambulância nas imediações da dispersão para atendimento.

A Prefeitura disponibilizou 87 vagas para ambulantes comercializarem comidas e bebidas, sendo 70 vagas para barracas ou traillers. Ana Maria Barbour

Colocação do Grupo Especial:
1º - GRCES Unidos do Serraria
2º - GRCES Raposa do Campanário
3º - GRCES Estopim da Fiel Torcida
4º - GRCES Unidos da Vila Nogueira
5º - GRCES Unidos da Vila Alice
6º - GRCES Unidos da Vila (caiu para o Grupo de Acesso)

Colocação do Grupo de Acesso:
1º - Unidos da Santa Cruz (subiu para o Grupo Especial)
2º - GRCES Eldorado Estação do Samba
3º - GRCES Mocidade Independente do Jardim Inamar
4º - GRCES Fantasia e Realidade
5º - GRCES Tradição Centro Sul

(Diadema em Pauta - Boletim Eletr. PMD - 08/02/08)

06.02.08

Permalink 10:33:32, por Wilson, 768 palavras, 1495 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Rua de Diadema vira motel a céu aberto para travestis

FABRÍCIO CALADO MOREIRA - É só escurecer em Diadema
para surgir um prostíbulo a céu aberto na Rua Professora Vitalina Caiaffa Esquível, onde fica a saída dos fundos do prédio da Câmara Municipal.
Funcionários do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e de estabelecimentos que funcionam na rua à noite reclamam da ação de travestis na área.

Segundo os vizinhos da Câmara, a situação não é nova. Teria começado há dois anos, mas piorou recentemente. Os problemas mais graves, segundo os reclamantes: os travestis fazem sexo a céu aberto, agridem as pessoas que passam, atirando pedras e garrafas nos carros, e fazem as necessidades fisiológicas em via pública.

O DIÁRIO esteve na rua na noite de 18 de janeiro e viu travestis levando os clientes para dois terrenos ao lado do prédio da Câmara. Dizem os funcionários do Samu que o caixa eletrônico da rua também é usado para fazer programas. “Há dias em que vêm mais de dez e, em outros, menos. Mas eles sempre estão aqui”, conta Darci Barbosa, 45 anos, motorista do Samu. Outro funcionário, que não se identificou, diz que já foi ameaçado. “Um travesti me pediu para ajudar o amigo dele, que passou mal por causa de drogas. Pedi para esperar, porque só tinha eu na base. Ele tirou a peruca e fez que ia sacar uma gilete lá de dentro. Eu me defendi com uma vassoura.”

Carros roubados ou quebrados

Os trabalhadores que reclamam da ação de travestis na Rua Professora Vitalina Caiaffa Esquível criticam que falta policiamento na área. O delegado seccional de Diadema, Sérgio Abdalla, discorda deles. “Toda noite a gente (polícia) passa lá. O combate é incessante”, garante o delegado.

Segundo ele, “não dá para detê-los, nem prender por vadiagem”. O delegado afirma que o grupo vem de outras cidades da região do ABC, como Santo André e
São Caetano do Sul. O titular da seccional confirma
a ocorrência de crimes na região. “Alguns travestis roubam ou quebram os carros”, diz, “mas a maioria das vítimas não registra boletim de ocorrência
por medo do constrangimento de vir o travesti e dizer ‘ele não pagou o programa, então tomei o relógio dele’”, conta Abdalla.

A tática do embaraço, por sinal, é usada pelos policiais para diminuir os problemas na área. “Estamos pegando os carros de quem circula por ali e trazendo para cá (seccional),
ameaçando chamar aqui a família de quem faz programa
com travestis”, diz Abdalla. O delegado diz que a presença de travestis na rua não é freqüente, ao contrário do que dizem os funcionários do Samu.
“É um problema pontual. Quando está calor, eles aparecem, e no frio eles somem, porque eles também sentem frio.”

Prefeitura diz que há polícia

Numa noite de dezembro de 2007, segundo funcionários do Samu, travestis entraram correndo dentro da base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Eles fugiam de tiros disparados por dois homens. “Parece
que eles roubaram o irmão de uma pessoa e o cara arrumou uns justiceiros para dar fim neles”, contou ao DIÁRIO um motorista, não-identificado.

Os servidores afirmam que dois GCMs que ficavam de
plantão na porta da base à noite saíram de lá. A luz dos postes também sumiu e não foi arrumada. A unidade, dizem, fica como breu quando escurece.

Foi pedido à Secretaria Municipal de Saúde que fechasse a rua à noite ou a volta da GCM ao Samu, dizem os funcionários. Mas, segundo eles, não houve resposta do governo.

Por telefone, a assessoria de imprensa da prefeitura afirma que não havia policiamento fixo da GCM no local. Em nota, a prefeitura diz que as equipes da GCM fazem rondas permanentes nas imediações da Rua Vitalina Caiaffa Esquível, e que o policiamento ostensivo é atribuição constitucional da PM. “Não há registro de boletins de ocorrências criminais na referida rua, nos últimos seis meses”, afirma a nota.
Ainda segundo a prefeitura, neste ano a sede da GCM e da Secretaria de Defesa Social serão instaladas nas dependências da Pousada dos Jesuítas, perto dali. Sobre a falta de luz na base do Samu, a prefeitura diz que a rua conta com iluminação
pública, cuja manutenção cabe à AES/Eletropaulo.

(Diário de São Paulo - Pág. A5 - 03/02/08)

01.02.08

Permalink 11:55:53, por Wilson, 420 palavras, 153 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Mais de 40 mil são esperados no Carnaval

KAREN MARCHETTI - Com o tema Samba no pé e paz no coração, a Prefeitura de Diadema esperar reunir cerca de 40 mil foliões para o Carnaval do município. A festividade será realizado na avenida Dr. Ulysses Guimarães, Vila Nogueira, entre os dias 2 e 5 de fevereiro. Ao todo, a administração disponibilizou R$ 200 mil para as 11 escolas de samba e investiu cerca de R$ 410 mil em infra-estrutura - instalação de arquibancadas, palco, som, iluminação e segurança.
O Carnaval 2008 começará no sábado (02), tendo a abertura oficial às 20 horas, com a participação do Rei Momo e sua corte. Os desfiles das escolas de samba vão ocorrer nos dois primeiros dias do feriado prolongado. No sábado (02) passam pela avenida as do grupo especial e domingo (03), o grupo de acesso. Cada agremiação terá uma hora para percorrer os 400 metros de passarela, empolgando público e jurados.
Nos dois últimos dias de folia serão realizadas matinês no encontro das avenidas Dr. Ulysses e Dona Ruyce Ferraz Alvim com rua Roberto Gordon. Na segunda-feira (04) e terça-feira (05), das 15h às 18 horas, ocorrem os bailes para o público infantil e, das 22h até 4h, os de adulto. Quem animará a festa será a Banda Furiosa na Folia, já conhecida dos foliões por tocar em carnavais dos anos anteriores.

Divulgação das escolas vencedoras ocorre dia 5
A apuração para saber quem ganhou o carnaval de Diadema será no dia 5 de fevereiro, terça-feira, às 15 horas, no Ginásio Mané Garrincha, em Piraporinha. A primeira colocada do grupo de acesso subirá para o especial no Carnaval 2009 e a última agremiação classificada do grupo especial descerá para o de acesso.

Duzentos policiais farão a segurança dos foliões durante a festa
para realizar uma festa segura e agradável, a Prefeitura disponibilizará diversos serviços para atender os foliões. A Segurança será feita em parceria entre a Guarda Civil Municipal e a Polícia Miliar. O efetivo será de 70 GCMs e 130 PMs.
As arquibancadas terão capacidade para cinco mil pessoas. Na avenida Dr.Ulysses Guimarães serão montados quatro camarotes para as autoridades, corte e deficientes. A Companhia de Saneamento de Diadema (Saned) irá forncer água potável para os foliões.
Segundo a prefeitura, uma equipe com 12 profissionais será responsável pela limpeza da passarela do samba. O público também poderá contar com 87 ambulantes, que comercializarão produtos alimentícios.

(Diadema Jornal - Pág. 7 - Cidade - 31/01/08)

25.01.08

Permalink 13:52:06, por Wilson, 346 palavras, 186 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCM investe na qualificação profissional

Os guardas civis municipais (GCMs) e os
guardas civis patrimoniais (GCPs) participam, desde o dia 7 de janeiro, de Curso de Aperfeiçoamento Profissional. A ação tem como objetivo qualificar e aperfeiçoar o conhecimento e as técnicas operacionais do serviço diário dos guardas para um melhor relacionamento com a população. O curso termina no fim de fevereiro.
As aulas teóricas acontecem na sede da Guarda Municipal; já as práticas são divididas entre o prédio da Escola Diadema de Administração Pública (Edap) e o Clube Okinawa. Os conteúdos dos cursos dos guardas municipais e patrimoniais são diferentes. Os GCMs aprendem sobre trânsito, educação física, direito penal; processo penal, técnicas operacionais, formas de abordagem, entre outras atividades. Já os GCPs estudam sobre a elaboração de documentos, trânsito, educação física; relação comunitária, língua portuguesa, rede e rádio; psicologia, entre outras disciplinas.
Esta é a primeira vez que GCMs ministram as aulas. Para isso, em dezembro de 2007 foi desenvolvido um projeto-piloto com os próprios instrutores, a fim de identificar as necessidades e as melhorias que poderiam ser implantadas no curso deste ano, além de testar a didática dos profissionais que iriam lecionar.
Para Francisco Alvarez, guarda civil há quatro anos, as disciplinas do curso são necessárias e úteis. "Existem muitas alterações na legislação, e precisamos estar atualizados para desempenharmos um trabalho preciso", afirma. Segundo Alvarez, os cursos de aperfeiçoamento realizados na Guarda são um diferencial importante na formação de cada guarda civil.
De acordo com o subcomandante Antonio Ricardo Fernandes da Silva, a Guarda prosseguirá com a realização de cursos de atualização e aperfeiçoamento este ano. Serão oferecidos, entre outros, os cursos de Tiro Avançado, Defesa Pessoal – com Técnicas de Imobilização com Emprego de Arma não-letal-, Mediação de Conflitos, Liderança e Chefia, Gerenciamento de Crises e a Arte de Viver Bem.

(Diadema Jornal - Pág. 6 - Cidade - 24/01/08)

Permalink 11:49:53, por Wilson, 1483 palavras, 613 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Carnaval de Diadema prega a paz em 2008

Claudia Mayara - O tema "Samba no pé e paz no coração" será o símbolo e a inspiração para as mais de 40 mil pessoas que irão passar por noite na avenida Dr. Ulysses Guimarães, na Vila Nogueira, entre os dias 2, 3, 4 e 5 de fevereiro. O carnaval 2008 de Diadema começará no sábado (2), com a abertura oficial, às 20h, e participação do Rei Momo e sua corte. Onze escolas passarão pela avenida durante o carnaval e serão realizadas duas sessões de bailes noturnos e de matinês.
Os desfiles vão ocorrer nos primeiros dias de Carnaval. Dia 2, sábado, passam pela avenida Dr. Ulysses as escolas do grupo especial e dia 3, domingo, o grupo de acesso. Cada agremiação terá uma hora para percorrer os 400 metros de passarela, empolgando público e jurados.
As escolas do grupo especial deverão desfilar com no mínimo 200 e no máximo 250 componentes e a do grupo de acesso entre 150 a 200 integrantes. Os quesitos a serem avaliados pelos jurados serão nove: comissão de frente, mestre-sala e porta bandeira, ala das baianas, alegoria e adereços, enredo, bateria, samba-enredo e melodia, harmonia, fantasia e destaque.
Baile noturno e matinê
Os dois últimos dias de folia serão embalados por matinês e bailes noturnos. Dia 4, segunda-feira, e dia 5, terça-feira, das 15h às 18h, acontecem às matinês para o público infantil e, das 22h até 04h, os bailes para os adultos. A Prefeitura oferecerá toda a infra-estrutura para realização dos eventos e a Banda Furiosa na Folia já conhecido dos foliões por tocar em carnavais passado é que vai animar a festa. Os bailes e matinês vão ocorrer próxima a passarela do samba, no encontro das avenidas Dr. Ulysses e Dona Ruyce Ferraz Alvim com rua Roberto Gordon.
A apuração para saber quem ganhou o carnaval de Diadema será no Ginásio Mané Garrincha, em Piraporinha, no dia 5 de fevereiro, terça-feira, às 15h. A primeira colocada do grupo de acesso subirá para o grupo especial no Carnaval 2009 e a última escola classificada do grupo especial descerá para o grupo de acesso.
Local do Carnaval
avenida Dr. Ulysses Guimarães, Vila Nogueira, sendo a concentração em baixo do viaduto da Rodovia dos Imigrantes e a dispersão próxima ao Campo de Futebol do Taperinha.
Investimentos
A Prefeitura de Diadema disponibilizou R$ 200 mil para serem investidos nas escolas de samba. As escolas do grupo especial receberam cada uma 21,7 mil reais, e as do grupo de acesso 13,9 mil reais. Além das subvenções, a Prefeitura ainda investiu R$ 409 mil em infra-estrutura, para instalação de arquibancadas, palco, som, iluminação e segurança.
Horários dos Desfiles

Sábado, 2 de fevereiro - Grupo Especial
22h00 - GRCES Unidos da Vila
23h15 - GRCES Unidos da Vila Nogueira
00h30 - GRCES Estopim da Fiel Torcida
01h45 - GRCES Raposa do Campanário
03h00 - GRCES Unidos do Serraria
04h15 - GRCES Unidos da Vila Alice

Domingo, 3 de Fevereiro - Grupo de Acesso
22h00 - GRCES Fantasia e Realidade
23h15 - GRCES Eldorado Estação do Samba
00h30 - GRCES Mocidade Independente do Jardim Inamar
01h45 - GRCES Unidos da Santa Cruz
03h00 - GRCES Tradição Centro Sul

Matinês e Bailes
As matinês e bailes serão realizados nos dia 4, segunda-feira e dia 5, terça-feira. Das 15h às 18h acontecem às matinês e das 22h até 04h os bailes para os adultos. As matinês e os bailes serão realizados no encontro das avenidas Dr. Ulysses Guimarães e Dona Ruyce Ferraz Alvim e rua Roberto Gordon.

Apuração - Será no dia 5, terça-feira, às 15h, no Clube Municipal Mané Garrincha - rua Cariris, 195, Piraporinha.

Arquibancada - Com entrada gratuita, as arquibancadas terão capacidade para cinco mil pessoas. Haverá uma área reservada às pessoas com deficiências, ao lado do palco das autoridades, com uma rampa de acesso para garantir a acessibilidade ao local. A capacidade é para cerca de 50 deficientes.

Para garantir mais segurança aos passistas será colocado cerca de 400 metros de gradil, de 1,20 metro de altura, na concentração e na dispersão.

Camarotes: Serão montados na avenida quatro camarotes: para autoridades, corte, imprensa e deficientes.

Palco: Um palco com 12m de frente por 8m de fundo será montado para receber a Banda Furiosa na Folia que tocará nas duas noites de bailes de carnaval.

Jurados: Para acomodação dos jurados serão montadas na extensão da passarela 11 cabines, medindo 1,50m de largura por 2,20m de altura. Elas serão cobertas, terão balcão interno, janela frontal e piso antiderrapante. Ao todo, 20 jurados vão participar do Carnaval, sendo 10 por noite de desfile e dois coordenadores.

Banheiros - Serão disponibilizados 25 banheiros químicos, sendo 5 deles adaptados para pessoas com deficiências. Eles ficarão posicionados atrás das arquibancadas.

Água - A Saned irá fornecer água potável para os foliões em 3 pontos ao longo da Avenida Dr. Ulysses Guimarães. As caixas estarão situadas atrás das arquibancadas, sendo duas de 1750 litros e uma de 1mil litros.

Limpeza da avenida - Uma equipe de 12 varredores irá cuidar da limpeza da passarela do samba, a cada passagem de escola. Em pontos estratégicos da avenida serão colocados containers para descarte de lixo.

Barracas e tendas - A Prefeitura disponibilizou 87 vagas para ambulantes comercializarem seus produtos. A praça de alimentação estará dividida em três setores. O primeiro lote será em frente ao Estádio do Taperinha e segundo e o terceiro lotes ficarão na avenida Dr. Ulysses, no trecho que vai sentido avenida Piraporinha.

Além dos ambulantes foram reservadas 13 barracas para entidades e agremiações carnavalescas que ficarão dispostas no primeiro setor. Três tendas na área da dispersão irão abrigar os serviços da Polícia Militar, Defesa Civil, Guarda Civil Municipal (GCM) e Secretaria de Saúde para atender ocorrências e crianças perdidas.

Fiscalização - A Secretaria de Abastecimento terá 10 funcionários para realizar a fiscalização de ambulantes no entorno da avenida.

Segurança - Este ano, um esquema especial de segurança foi montado para o Carnaval em Diadema. O efetivo policial será de 70 guardas civis municipais e 130 policiais militares, por noite, além de funcionários da Defesa Civil. A segurança das matinês também será garantida por policiais militares e GCMs.

Emergências - Para atender os casos de emergência, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) manterá uma ambulância nas imediações da dispersão nos dias de Carnaval.

Distribuição de camisinhas: A Secretaria de Saúde terá uma barraca na dispersão para o trabalho de orientação do Centro de Referência e Treinamento (CRT-DST/AIDS). A orientação e distribuição de preservativos aos foliões serão realizadas por 20 agentes de saúde e 5 funcionários do CRT no sábado (2) e domingo (3), dias de desfiles.
Vão ser entregues aos foliões cerca de 20 mil preservativos e 30 mil panfletos.

Como chegar na avenida
De Ônibus - Para chegar ao desfile, os foliões poderão contar com seis linhas municipais de ônibus.

21DP - TERM DDA/TERM PIRAP - das 4h20 às 23h40
22DP - TERM DDA/TERM PIRAP - das 4H15 às 23H25
23DP - TERM DDA/TERM PIRAP - das 4h30 às 23h20
24DP - TERM DDA/TERM PIRAP - das 5h às 23h30
33ED - TERM ELD/TERM DDA - das 4h30 às 0h15
34ED - TERM DDA/TERM PIRAP - das 4h45 às 00h40

A linha 24 DP, que circula na avenida Dr. Ulysses Guimarães, nos quatro dias de folia, terá o itinerário alterado no trecho que envolve o desfile. Ela será desviada para a avenida D.Pedro I, seguindo até avenida Ruyce Ferraz Alvim, Antonio Dias Adorno e avenida Piraporinha.

De Trólebus - O sistema de trólebus que passa próximo ao local do desfile, na avenida Piraporinha, manterá as linhas funcionando normalmente durante a madrugada, inclusive aos sábados e domingos. Até a meia noite, os trólebus passarão de dez em dez minutos, após esse horário, até às 4h, eles circularão em intervalos de 30 a 40 minutos.

As linhas são Ferrazópolis/Jabaquara; Piraporinha/Jabaquara e Santo André Oeste/Diadema.

De Carro - Quem for de carros para o Carnaval poderá estacionar os veículos na Roberto Gordon e ruas do entorno, desde que seja respeitada a sinalização.

Interdição do Trânsito - A avenida Ulysses Guimarães no trecho entre a rua Deputado Osvaldo de Moraes e avenida Piraporinha ficará interditada para o trânsito durante os quatro dias de carnaval. Já na avenida D. Ruyce Ferraz Alvim, trecho Dr. Ulysses e Antonio Dias Adorno, a interdição acontecerá somente a partir das 14h e o mesmo será feito na rua Roberto Gordon, no cruzamento com a Dr. Ulysses.

(Diadema em Pauta - Boletim Eletr. da PMD - 25/1/08)

22.11.07

Permalink 12:02:01, por Wilson, 299 palavras, 304 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

DIADEMA DEVE RENOVAR PORTE DE ARMA PARA GCM

Para regularizar a concessão do porte de arma de fogo aos 206 Guardas Civis Municipais (GCMs) da cidade, a Câmara de Diadema aprovou, em primeira votação, o projeto de lei de autoria do Executivo que autoriza o convênio entre a prefeitura e a Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal em São Paulo, porém, o acordo já estava celebrado desde dezembro de 2006. "Ocorre que, por um lapso, a parceria foi firmada sem a necessidade de autorização legislativa", destaca o prefeito José de Filippi (PT) no documento encaminhado ao Legislativo.
Para o prefeito, o convênio é essencial à criação da Corregedoria e da Ouvidoria da GCM, sob pena de comprometimento do porte de arma concedido aos integrantes. "Por isso, o projeto deve ser votado o mais rápido possível", explica Filippi, ao enviar a proposta em regime de urgência à Câmara. A implantação dos órgãos deve ocorrer em seis meses e o gerenciamento do convênio ficará sob a responsabilidade da prefeitura e da Polícia Federal (PF).
Atualmente, quem concede o porte de arma é a PF, mas a secretária de Defesa Social, Regina Miki, explica que antes da regulamentação do Estatuto do Desarmamento, realizada em 2004, o responsável pela autorização era a Polícia Civil. "Mas a corporação prorrogou o prazo, que deve ser renovado agora. Garanto que todos os nossos guardas estão de acordo com a lei", diz Regina, ao garantir que a iniciativa não muda a rotina do efetivo. "Apenas estamos oficializando o convênio e pedindo o aval da Polícia Federal", declara. A proposta será votada em segunda discussão na próxima quinta-feira (22).

Leia mais em: http://www.diarioregional.com.br/noticia38.htm

(22/11 Diário Regional)

19.11.07

Permalink 19:34:34, por Wilson, 215 palavras, 160 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCMS PODERÃO USAR ARMAS DE FOGO

Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC
A Câmara de Diadema aprovou por unanimidade a assinatura do convênio entre a Prefeitura e a Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal em São Paulo, que viabiliza o porte de arma de fogo para os Guardas Municipais. “A mesma parceria já havia sido firmada no ano passado, porém, de acordo com a nossa lei orgânica, precisava da votação do Legislativo”, afirma a secretária de Defesa Social do Município, Regina Miki.
Segundo ela, os guardas já atuam armados há mais de cinco anos. “Antes da criação do Estatuto do Desarmamento, os profissionais recebiam o aval da Polícia Civil”, comenta.
Regina garante que a assinatura não vai alterar a rotina de trabalho dos guardas e, além disso, proporcionará ganho. “Esse convênio será fundamental para a criação da Corregedoria e da Ouvidoria da Guarda, sob pena de comprometimento do porte de arma concedido. Em seis meses devemos implantar esses órgãos. O gerenciamento ficará a cargo de dois funcionários públicos, que serão indicados pela administração e pela Polícia Federal”, comenta.

Leia mais em: http://home.dgabc.com.br/materia.asp?materia=616873

(16/11 Diário do Grande ABC- Política)

04.10.07

Permalink 12:40:14, por Wilson, 192 palavras, 158 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

VENDA DE IMÓVEIS CRESCE E LOCAÇÃO CAI NA REGIÃO

Karen Marchetti
Os guardas civis municipais (GCMs), com o apoio do Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema (Sindema), decidiram entrar em greve a partir da próxima segunda-feira (01). A decisão foi tomada como forma de protesto contra a decisão da prefeitura de exonerar sete GCMs e suspender, de 15 a 30 dias, outros 38.
A administração municipal informou que a decisão foi tomada porque em 5 de maio, um dia após o termino da paralisação dos funcionários públicos, 45 GCMs teriam se negado a assumir os postos de trabalho.
Os guardas envolvidos e a presidente do Sindema, Kátia Vassoler, afirmam que a atitude da administração é uma perseguição política. "Existem alguns relatórios que dizem que os funcionários punidos são excelentes trabalhadores. Então demitiu por quê? Isso é uma retaliação aos servidores que participaram da greve de abril. Tenho certeza que é uma perseguição. Naquele dia os guardas chegaram para trabalhar e perceberam que tinham mudado a escala, prejudicando os servidores que participaram da manifestação", disse a sindicalista.

Leia mais em: http://www.diademajornal.com.br/diademajornal02.htm

(04/10 Diadema Jornal)

01.10.07

Permalink 11:41:49, por Wilson, 200 palavras, 126 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

PREFEITURA DE DIADEMA REVISA PUNIÇÃO A GUARDAS

Luciano Cavenagui
A Prefeitura de Diadema anunciou sexta-feira uma trégua com os guardas civis municipais, que agendaram greve para segunda-feira contra a punição de 45 trabalhadores que se envolveram em uma paralisação em maio.
De acordo com a administração municipal, a secretária de Defesa Social, Regina Miki, reuniu-se sexta-feira com uma comissão de guardas. No encontro, os GCMs teriam solicitado a suspensão do prazo de dez dias para a apresentação dos recursos referentes aos processos de sindicância envolvendo os 45 guardas.
Segundo a Prefeitura, Regina oficializou o pedido e o encaminhou à Secretaria de Governo. Desta forma, informou, a Prefeitura suspenderá por tempo indeterminado o prazo para apresentação dos recursos, propiciando a revisão dos casos.
O Sindema (Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema) diz não ter conhecimento do encontro. “Essa reunião não teve nenhum representante do sindicato. Não fomos convidados e não sabemos quais guardas que participaram. Portanto, a greve está mantida até outra assembléia decidir o contrário”, afirmou a presidente do Sindema, Kátia Vassoler.

Leia mais em: http://home.dgabc.com.br/materia.asp?materia=608442

(29/09 Diário do Grande ABC- Setecidades)

Permalink 11:40:43, por Wilson, 269 palavras, 147 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCM DE DIADEMA MANTÉM GREVE NESTA SEGUNDA-FEIRA

Apesar dos esforços da Prefeitura, categoria optou pela paralisação
A Prefeitura de Diadema bem que tentou, mas os esforços para frear a paralisação da GCM (Guarda Civil Municipal), marcada para segunda-feira (01/10), foram em vão. O Sindema (Sindicato dos Funcionários Públicos) decidiu manter a greve e prometeu fazer uma assembléia, no mesmo dia, na sede da entidade, às 17h, para traçar as próximas atividades do movimento.
Logo na manhã desta sexta-feira (28/09), a Administração sinalizou interesse em negociar com os guardas e até suspender os 45 processos movidos contra a categoria. A secretária de Defesa Social, Regina Miki, recebeu uma comissão formada por guardas. Durante o encontro, os GCMs solicitaram a suspensão do prazo de dez dias para apresentação dos recursos referentes aos processos de sindicância. Regina se comprometeu a encaminhar o pedido à Secretaria de Governo, Lucia Couto. "Por telefone, a Lucia disse que a Administração vai suspender os processos movidos contra os guardas, mas só acreditamos nisso, quando tivermos uma posição oficial", ressaltou a presidente do sindicato, Kátia Vassoler.
Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Prefeitura confirma que "a administração municipal suspenderá por tempo indeterminado o prazo para apresentação dos recursos, de modo a propiciar a revisão dos casos".
Apesar de reconhecer as tentativas da Administração para negociar, Kátia insiste em esperar um parecer oficial. “Só estamos sendo informados pela imprensa, vamos aguardar os procedimentos legais”, explicou.

Leia mais em: http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=3650

(30/09 Site do Jornal ABCD Maior)

28.09.07

Permalink 10:05:42, por Wilson, 286 palavras, 167 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

SINDEMA PLANEJA GREVE GERAL EM APOIO À GCM DE DIADEMA

Michele Loureiro- Sucursal de Diadema
O Sindema (Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema) pretende realizar um dia de paralisação em cada categoria do funcionalismo público como forma de protesto às punições contra GCMs (Guardas Civis Municipais).
“A expectativa é de que as demais categorias abracem a causa e ajudem a pressionar por uma revisão nos processos administrativos. Podemos até pensar em uma greve geral, se for o caso”, diz a vice-presidente do Sindema, Jandyra Uehara.
Na tarde de quinta-feira, houve uma manifestação na Câmara Municipal da cidade. Os 44 GCMs punidos por insubordinação – justificativa dada pela Prefeitura, que alega que eles não teriam retornado ao trabalho no dia 5 de maio – estavam presentes e falaram sobre as punições. “Eu já não sei mais onde começa a democracia e onde termina a ditadura. Se reclamar nossos direitos é um crime, devo ter invertido os conceitos”, diz o GCM Valcir Lopes da Silva.
“Somos todos pais de família e trabalhadores sérios”, disse o GCM Alexandre Merlino, um dos sete exonerados. “Eles acham que exigir direitos é crime. Para eles, este foi o meu erro”, ressaltou.
Os vereadores presentes na Câmara decidiram convocar a secretária de Defesa Social, Regina Miki, a comparecer na próxima quinta-feira para prestar esclarecimentos.
“É contraditório notar que há pouco tempo a GCM era tida como exemplo para a secretária e, agora, depois da greve, se tornou a escória da cidade”, diz a vereadora Irene dos Santos (PT). A secretária Regina Miki não foi encontrada para falar sobre as punições.

Leia mais em: http://home.dgabc.com.br/materia.asp?materia=608265

(28/09 Diário do Grande ABC- Setecidades)

27.09.07

Permalink 09:59:55, por Wilson, 267 palavras, 161 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCM DE DIADEMA RECUA GREVE, SE PREFEITURA DIALOGAR

Nesta segunda-feira (01/10), a categoria promete cruzar os braços
Apesar de terem decidido em assembléia, nesta terça-feira (25/09), cruzar os braços, na próxima segunda-feira (01/10), a GCM (Guarda Civil Municipal) de Diadema, pode recuar se a Prefeitura negociar com a categoria. O aviso quem manda é a presidente do Sindema (Sindicato dos Servidores Públicos), Kátia Vassoler.
"Desde maio, a gente vem tentando dialogar com a Prefeitura e nada", comenta Kátia. "Queremos falar com o prefeito (José de Filippi Júnior - PT) e com a secretária de Defesa Social, Regina Miki", declara a presidente do sindicato, que, no início do ano, comandou a paralisação de 17 dias.
A categoria aprova a greve como meio de protestar à Administração pela exoneração de sete guardas e a suspensão de outros 38. Já a Prefeitura defende que as punições são devidas a insubordinações dos guardas, que teriam se recusado a retornar ao trabalho, depois do termino da greve, em 5 de maio.
Em nota a Prefeitura explica que "dos 44 GCMs para sete foram indicadas demissão. Para os demais, a penalidade foi de suspensão, sem remuneração, com período de 15 a 30 dias, dependendo do caso". A Administração esclarece que os guardas têm 10 dias para entrar com recurso.
"O DRT (Delegacia Regional do Trabalho) e o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) serão notificados amanhã (quinta-feira, 27/09)", garante Kátia. Segundo a presidente do Sindema, a Prefeitura foi notificada no final da tarde.

Leia mais em: http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=3606

(27/09 Site do Jornal ABCD Maior)

Permalink 09:58:48, por Wilson, 254 palavras, 146 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCM ANUNCIA GREVE PARA SEGUNDA-FEIRA

Karen marchetti
Os guardas civis municipais (GCMs), com o apoio do Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema (Sindema), decidiram entrar em greve a partir da próxima segunda-feira (01). A decisão foi tomada como forma de protesto contra a decisão da prefeitura de exonerar sete GCMs e suspender, de 15 a 30 dias, outros 38.
A administração municipal informou que a decisão foi tomada porque em 5 de maio, um dia após o termino da paralisação dos funcionários públicos, 45 GCMs teriam se negado a assumir os postos de trabalho.
Os guardas envolvidos e a presidente do Sindema, Kátia Vassoler, afirmam que a atitude da administração é uma perseguição política. "Existem alguns relatórios que dizem que os funcionários punidos são excelentes trabalhadores. Então demitiu por quê? Isso é uma retaliação aos servidores que participaram da greve de abril. Tenho certeza que é uma perseguição. Naquele dia os guardas chegaram para trabalhar e perceberam que tinham mudado a escala, prejudicando os servidores que participaram da manifestação", disse a sindicalista.
O Diadema Jornal teve acesso com exclusividade ao Relatório Final, entregue aos integrantes da corporação demitidos e suspensos, no qual consta que os 45 guardas foram punidos pelo ato infracional cometido no dia 5 de maio na sede da Secretaria de Defesa Social. Segundo o documento, os funcionários penalizados violaram os princípios de hierarquia e disciplina da lei Complementar Municipal.

Leia mais em: http://www.diarioregional.com.br/diademajornal02.htm

(27/09 Diadema Jornal)

Permalink 09:58:04, por Wilson, 224 palavras, 118 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

PT DISCORDA DE PUNIÇÕES DA GUARDA DE DIADEMA

Michele Loureiro- Da Sucursal de Diadema

“Toda a cúpula do PT de Diadema está contra a decisão de demitir os GCMs (Guardas Civis Municipais) tomada pelo prefeito Filippi”, diz o vereador Manoel Eduardo Maninho, líder do PT na Câmara.
Em uma reunião extraordinária realizada na noite de terça-feira, líderes do partido votaram por unanimidade contra a decisão de punir os 44 guardas. “Isso não tem cabimento, ainda mais vindo de um partido como o PT, que sempre apoiou greves e defendeu os direitos dos trabalhadores”, destaca a vereadora do PT, Irene dos Santos.
O partido pretende agendar uma conversa com o prefeito para que a situação seja resolvida. “Espero que pelo menos o partido ele escute, porque é completamente desnecessário levar esta decisão à justiça”, diz a vereadora.
“Esperamos que tudo se resolva da melhor maneira possível, e que seja breve”, ressalta Maninho.
Segundo a vereadora Irene, os casos de insubordinação, ressaltados pela Prefeitura como motivo para a punição dos guardas não existiram. “Eu acompanhei o processo do fim da greve, no dia 5 de maio, data de retorno ao trabalho. Os GCMs encontraram escalas modificadas, o que fugia completamente do acordo”, diz.

Leia mais em: http://home.dgabc.com.br/materia.asp?materia=608057

(27/09 Diário do Grande ABC- Setecidades)

26.09.07

Permalink 11:20:17, por Wilson, 276 palavras, 149 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GUARDA DE DIADEMA ANUNCIA GREVE PARA 2ª

Michele Loureiro- Da Sucursal de Diadema
Os guardas municipais de Diadema decidiram terça-feira entrar em greve novamente a partir da próxima segunda-feira. A decisão foi tomada em assembléia como forma de pressão para que a Prefeitura reveja a exoneração de sete guardas e a suspensão de outros 38, de 15 a 30 dias. Decisão anunciada na segunda-feira. Essa é a segunda paralisação da categoria no ano. A primeira foi em maio.
A Prefeitura de Diadema diz que as punições são devidas a insubordinações dos guardas. Segundo a administração, mesmo com o fim da greve no dia 5 de maio, os guardas teriam se recusado a retornar ao trabalho.
“Este prefeitinho e esta secretariazinha pensam que estão acima da lei. Vamos mostrar como a união da classe pode mudar tudo”, diz Kátia Vassoler, presidente do Sindema (Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema).
“A única forma de reverter as decisões que prejudicam os trabalhadores é realizar uma paralisação. Desta forma, quem julga a constitucionalidade de toda a situação passa a ser o TRT (Tribunal Regional do Trabalho)”, afirmou o advogado do Sindema, Alexandre D’Aurea.
Adesão - “Na última paralisação, começamos com quatro pessoas e terminamos com quase todo a corporacão parada. Por isso, o baixo número de GCMs que vão iniciar a greve não nos assusta (havia 45 guardas na assembléia). Com certeza teremos perto de 100% de adesão à greve”, disse o diretor do sindicato, Lineu Aires de Alencar.

Leia mais em: http://home.dgabc.com.br/materia.asp?materia=607900

(26/09 Diário do Grande ABC- Setecidades)

25.09.07

Permalink 13:30:06, por Wilson, 140 palavras, 116 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Prefeitura exonera sete e suspende 38

Luciano Cavenagui - A Prefeitura de Diadema resolveu exonerar sete guardas e suspender outros 38 (de 15 a 30 dias) por motivo de insubordinação. Segundo a Prefeitura, a decisão foi tomada porque em 5 de maio, um dia após o término da greve de 17 dias dos guardas, 45 GCMs teriam se negado a assumir seus postos de trabalho.
Os trabalhadores têm dez dias para interpor recurso. O critério para a escolha dos guardas que seriam punidos, segundo a administração, foi baseado na ficha de cada um dos funcionários.
O Sindema (Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema) contesta a decisão e vai propor em assembléia terça-feira à tarde que todos os guardas entrem em greve numa tentativa de reverter a decisão.

Leia mais: http://home.dgabc.com.br/materia.asp?materia=607697

(DGABC - Sete Cidades - 25/09/07)

12.07.07

Permalink 10:59:05, por Wilson, 437 palavras, 140 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

ACONTECE HOJE ÚLTIMA SESSÃO ANTES DO RECESSO

Hoje (12/07) os vereadores de Diadema realizarão a 23ª sessão ordinária de 2007, a última antes do recesso de julho, que vai do período de 18 a 31 deste mês.
Quinta-feira passada (05/07), os parlamentares realizaram a primeira discussão da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para o exercício de 2008. Seguindo o Regimento Interno, que determina a cada orador o tempo de 10 minutos para pronunciar-se, os vereadores Lauro Michels (PSDB), Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), Laércio Soares (PCdoB), Irene dos Santos (PT) e Wagner Feitoza, o Vaguinho (PSB) fizeram suas considerações acerca do projeto, que tem a função de pautar a elaboração da peça orçamentária do Município para o ano que vem. A propositura volta à Ordem do Dia esta semana, quando passará pela segunda discussão e primeira (e única) votação.
Sessão – Os quatro demais projetos que compunham a Ordem do Dia da 22ª Sessão Ordinária foram aprovados em segunda votação. São eles:
1.Projeto de Lei nº 020/2007, de autoria do vereador Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), incluindo no calendário do Município, o ‘Dia da Declaração Universal dos Direitos da Criança’.
2.Projeto de Lei nº 047/2007, de autoria do vereador Milton Capel (PV), dispondo sobre a proibição de realização de cirurgias estéticas em animais.
3.Projeto de Lei nº 050/2007, de autoria do vereador Pastor Jair Batista (PT), dispondo sobre a realização de ‘Campanha Permanente de Conscientização sobre o Câncer Infantil’.
4.Projeto de Lei nº 056/2007, de autoria do vereador José Francisco Dourado, o Zé Dourado (PSDB), instituindo no âmbito do Municipio, o ‘Dia da Cultura Evangélica’.
Estudantes – Visitando a Câmara, um grupo de alunos das escolas Padre Anchieta, Evandro Caiafa Esquível e Jornalista Rodrigo Soares Júnior percorreram as dependências do Legislativo. Na companhia do vereador Laércio Soares (PCdoB), os jovens conheceram, entre outros locais, o Gabinete da Presidência, a sala das Comissões, além do Plenário e do Plenarinho.
Tribuna Livre – Roseli Aparecida, dirigente do Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema, juntamente com Adi dos Santos Lima, da Executiva Estadual da CUT e o guarda municipal de São Bernardo, Giovani Chagas, expuseram aos vereadores alguns problemas que as GCMs dos dois municípios estão enfrentando com as respectivas prefeituras. Também utilizou a Tribuna o presidente da Associação dos Funcionários Públicos de Diadema, Wilson Roberto Spósito, que se pronunciou a respeito de um requerimento do vereador Vaguinho (PSB) aprovado na última sessão.

(12/07 Hoje Jornal; Folha Regional)

13.06.07

Permalink 10:16:12, por Wilson, 133 palavras, 125 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

Diadema julga conduta de GCMS ‘aquartelados’

(Nicolas Tamasauskas/Sucursal Diadema) - A Prefeitura de Diadema formou uma Comissão Processante para apurar a conduta dos 45 guardas civis que protestaram contra trocas de turnos. Os depoimentos devem começar nesta quarta-feira com a secretária de Defesa Social, Regina Miki, acusada pelos guardas de perseguição.
Segundo eles, Regina determinou retaliações aos que participaram do protesto, ocorrido logo após o fim da greve organizada pelo Sindema (Sindicato dos Servidores Municipais de Diadema) e que teve a adesão da corporação, no mês passado. Um dos alvos da secretária foi João Alves da Cruz Neto, 42 anos, que chegou a ser alvo de procedimento interno por não cumprimentá-la.
Leia mais: http://home.dgabc.com.br/materia.asp?materia=590253
(Diário do Grande ABC - 13/06/07 - Política)

23.04.07

Permalink 11:35:22, por Wilson, 147 palavras, 125 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GCMS TROCAM BASE FIXA POR PATRULHA

A nova política de segurança pública adotada pelos municípios vai priorizar o patrulhamento móvel em detrimento às antigas bases comunitárias fixas das Guardas Civis Municipais (GCMs).
Em Mauá, 11 das 13 bases que existiram no município já foram desativadas. Em São Bernardo, Santo André e Diadema não há previsão de aumento no número de bases comunitárias existentes. Em São Caetano a orientação é de construir novos locais para abrigar unidades da GCM em pontos de divisa da cidade, mas a prioridade será o patrulhamento.
Os comandos das GCMs defendem a mudança de estratégia por considerar que o uso de bases fixas no policiamento preventivo não tem se mostrado eficiente por ter abrangência restrita.

Leia mais em: http://home.dgabc.com.br/materia.asp?materia=582357

(23/04 Diário do Grande ABC- Setecidades- Pág. 7)

23.03.07

Permalink 09:11:38, por Wilson, 193 palavras, 92 views   Portuguese (BR)
Categorias: Geral

GUARDAS SÃO ACUSADOS DE AGRESSÃO

Três GCMs (guardas civis municipais) de Diadema são acusados de espancar o servente de pedreiro Gilvânio Alves Silva, 25 anos, na entrada do Hospital Municipal de Diadema. O servente teve uma costela fraturada, o pulmão perfurado e hemorragia interna. Está internado em estado considerado grave no próprio hospital. O caso é investigado pela Corregedoria da corporação e por meio de procedimento administrativo interno. Inquérito também foi aberto na Polícia Civil. Segundo o paciente e sua família, ele estava num bar bebendo e jogando sinuca quando começou a sentir-se mal e resolveu ir para o hospital de ônibus. Foi quando os guardas o abordaram e espancaram.
A comandante da Guarda Civil e secretária de Defesa Social, Regina Miki, disse que não há indícios de que os guardas tenham cometido espancamento. “Esse passageiro perturbava o ônibus e os guardas tiveram de agir. Além de embriagado, tinha consumido cocaína, conforme um exame mostrou. Por enquanto, não há nada que desabone esses guardas”.

(23/03 Diário do Grande ABC/ Setecidades- Pág. 14)
Leia mais em: http://setecidades.dgabc.com.br/materia.asp?materia=577725

DIADEMA EM NOTÍCIA

Mantido pela Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Diadema, "Diadema em Notícia" contém um resumo das principais notícias de interesse do Legislativo publicadas pela Imprensa.

Outubro 2014
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
 << <   > >>
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31  

Pesquisar

Categorias

Arquivos

Misc

XML Feeds

What is RSS?

Who's Online?

  • Guest Users: 15

powered by
b2evolution